Terminais do Transcol (ES) recebem totens com álcool gel

Publicado em: 19 de agosto de 2020

Medida tem como objetivo combater novo coronavírus. Foto: Divulgação.

Ao todo, serão 100 equipamentos instalados até o fim da semana, segundo o governo

JESSICA MARQUES

Os terminais de ônibus do Transcol, no Espírito Santo, estão recebendo totens com álcool gel. Ao todo, serão 100 equipamentos instalados até o fim da semana, segundo o governo.

A medida está sendo adotada pela Semobi (Secretaria de Mobilidade e Infraestrutura) e pela Ceturb-ES (Companhia de Transporte de Passageiros do Espírito Santo). O objetivo é conter a propagação do novo coronavírus no transporte coletivo. Os dispositivos serão colocados em áreas de circulação dos terminais.

“Adotamos cerca de 40 ações, criando um protocolo para o enfrentamento à pandemia no sistema metropolitano. Com a flexibilização de diversas atividades e, consequentemente, o aumento na demanda de passageiros, tomamos mais esta iniciativa para reforçar e incentivar a higienização das mãos por todos que utilizam o sistema”, explicou o secretário de Estado de Mobilidade e Infraestrutura, Fábio Damasceno, em nota.

OUTRAS MEDIDAS

A Semobi informou, também por meio de nota, que o Sistema Transcol está adotando uma série de medidas para diminuir o risco de contágio no transporte coletivo. As ações estão em vigor desde o início das restrições de circulação em decorrência da pandemia.

“Entre elas estão o reforço na higienização dos coletivos com hipoclorito de sódio diluído, conforme orientações da Secretaria da Saúde (Sesa); reforço na limpeza dos terminais e disponibilização de sabonete nos banheiros e afastamento de colaboradores do sistema com mais de 60 anos, com comorbidades ou com sintomas gripais”, detalhou o governo.

“Foi feita ainda a retirada dos veículos com ar-condicionado de circulação e planejado um superdimensionamento da operação para garantir o transporte, minimizando o risco de contaminação. Outras medidas são a recomendação para que passageiros embarquem somente em veículos com assentos disponíveis; marcação das filas nos terminais e o alerta aos passageiros para manutenção do distanciamento mínimo de 1,5 metro, além da distribuição de álcool gel e máscaras para os trabalhadores do sistema; e distribuição de máscaras para passageiros nos terminais”, informou também.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Dantas disse:

    Ótima iniciativa !!!!

Deixe uma resposta