Em 15 dias, Detro aplica 123 multas após fiscalizar ônibus e vans do Rio de Janeiro

Publicado em: 19 de agosto de 2020

Agentes autuaram 73 ônibus e três vans intermunicipais. Foto: Divulgação.

Fiscalização tem como objetivo coibir transporte irregular de passageiros e verificar condições de serviços prestados

JESSICA MARQUES

O Detro (Departamento de Transportes Rodoviários) aplicou 123 multas na primeira quinzena de agosto de 2020. As autuações foram realizadas durante operações de fiscalização em todo o estado do Rio de Janeiro.

Em nota, o Detro informou que as equipes atuaram verificando as condições dos serviços prestados pelos ônibus e vans intermunicipais, além de coibir o transporte de passageiros sem autorização do poder concedente.

Neste período, os agentes autuaram 73 ônibus e três vans intermunicipais. Nos coletivos, as principais irregularidades flagradas foram “descumprimento das normas de acessibilidade, mau estado de conservação dos veículos, falta de selo de vistoria, problemas na limpeza dos coletivos, paralisação de linha e descumprimento do quadro de horários”.

As operações foram realizadas na Rodoviária Novo Rio e nos terminais Américo Fontenelle (Central), João Goulart (Niterói), Nova Iguaçu, Magé, Itaguaí, Angra dos Reis, Mangaratiba e Araruama.

Por sua vez, nas operações volantes de combate ao transporte de passageiros sem autorização, os agentes multaram e apreenderam 47 veículos.

Durante a primeira quinzena de agosto, as equipes atuaram em São Gonçalo, Belford Roxo, Niterói, Angra dos Reis, Itaboraí,Mangaratiba, Angra dos Reis, além dos bairros da Pavuna, Campo Grande e Jacarepaguá, nas Zonas Norte e Oeste do Rio de Janeiro, conforme informado em nota.

“A população pode denunciar irregularidades no transporte intermunicipal na Ouvidoria do Detro, pelos seguintes canais: telefone (21) 3883-4141, e-mail – ouvidoria@detro.rj.gov.br ou WhatsApp Fale Detro (21) 98596-8545. Além das ações de inteligência, as informações ajudam a nortear as ações de fiscalização.”

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta