Estação do BRT Rio recém-reformada é vandalizada por bandidos

Publicado em: 15 de agosto de 2020

Estação Parque das Rosas voltaria a operar na segunda, 17

Parque das Rosas estava prestes a ser entregue reformada

ALEXANDRE PELEGI

A situação de insegurança no Rio de Janeiro continua prejudicando o sistema BRT.

É o caso agora da estação Parque das Rosas, no corredor Transoeste, que antes mesmo de ser entregue totalmente reformada foi alvo de criminosos.

A reinauguração estava marcada para esta segunda-feira, 17 de agosto de 2020.

Neste sábado, dia 15, a estação amanheceu com uma das portas quebradas.

Mas a ação dos vândalos não parou aí. A estação Glaucio Gil, também no Transoeste, teve os cabos de energia furtados.


Estação Glaucio Gil


Em nota, o BRT Rio afirma que segue com o compromisso de entregar um serviço de qualidade à população. “Não vamos desistir e seguiremos em busca da maior qualidade possível para os usuários, seja nas estações ou nos demais serviços. Mas para isso precisamos do apoio efetivo das autoridades e das forças policiais. Não podemos encarar esses crimes como algo normal, pois não são. Atos de vandalismo e furtos causam o fechamento de estações e prejudicam as pessoas que realmente utilizam o serviço. A sociedade não pode ser privada de um serviço essencial como o BRT por causa da ação de bandidos“, afirmou o presidente executivo do BRT Rio, Luiz Martins.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Flavio.a clementino disse:

    A impunidade dá nisso.

  2. Ederaldo disse:

    Hell de janeiro sendo Hell de janeiro.

Deixe uma resposta