Obras em 100 pontos de ônibus da capital paulista têm início na segunda quinzena de agosto

Publicado em: 13 de agosto de 2020

Em alguns pontos da cidade, obras começam em 24 de agosto. Foto: Adamo Bazani.

Previsão da Prefeitura é de que 40 paradas sejam reformadas ainda neste ano

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de São Paulo informou que, na segunda quinzena de agosto de 2020, dará início às obras de substituição do pavimento de 100 paradas de ônibus fora de corredores exclusivos. A previsão é que o serviço seja realizado em 40 pontos de parada ainda este ano. Os locais foram definidos em vistorias realizadas pela equipe técnica da SPTrans, conforme informado em nota.

“As obras serão realizadas em pontos de ônibus de grande movimentação e consistem na substituição do pavimento de asfalto por pavimento de concreto, ideal para trechos de tráfego intenso e repetitivo de veículos mais pesados, como os coletivos. Além disso, incluem a reforma dos passeios, guias, sarjetas e demais serviços complementares nas paradas de ônibus”, detalhou a SPTrans.

As intervenções começam em 24 de agosto nas avenidas Eng. Caetano Alvares e São Miguel e prosseguirão para as avenidas Alcântara Machado, Celso Garcia, Itaberaba e Rangel Pestana; ruas Parada Pinto e Teodoro Sampaio, além da Estrada de Itapecerica.

LICITAÇÃO

Em abril deste ano, a Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes e da SPTrans, retomou o processo licitatório para contratação de empresa que fará a troca do pavimento de cem paradas de ônibus em vias onde não há corredores exclusivos.

“Com a execução do serviço, os locais onde há pontos de ônibus de grande movimentação terão o pavimento de asfalto trocado por concreto, ideal para trechos de tráfego intenso e repetitivo de veículos mais pesados, como os coletivos”, detalhou a SPTrans, na ocasião.

OBRAS EM CORREDORES

Por sua vez, tiveram início na última quarta-feira, 12 de agosto, os serviços de manutenção do pavimento rígido do Corredor Santo Amaro/Rio Bonito/Parelheiros. As obras envolvem a substituição de 100 placas de 5 metros de comprimento por 3,5 metros de largura na Av. Sen. Teotônio Vilela entre o Terminal Varginha (próximo à Av. Paulo Guilguer Reimberg) e a Rua David Fabricius, sentido Centro.

“A manutenção do pavimento será realizada com interdições parciais nas paradas, de forma a diminuir a influência na operação de embarque e desembarque de passageiros. Se necessário, serão utilizados pontos de parada provisórios devidamente sinalizados”, detalhou a SPTrans, também em nota.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta