Obras do monotrilho da Linha 15-Prata interditam Avenida Ragueb Chohfi

Publicado em: 13 de agosto de 2020

Metrô de São Paulo vai iniciar a instalação da cobertura metálica da futura estação Jardim Colonial, da Linha 15-Prata. Foto: Adamo Bazani.

Interdições começam na sexta-feira (14) e permanecem até a madrugada de segunda-feira (17) 

WILLIAN MOREIRA

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) comunicou a interdição de um trecho da Avenida Ragueb Chohfi, na Zona Leste de São Paulo. O objetivo da medida é a continuidade das obras de construção de um novo trecho do monotrilho da Linha 15-Prata de monotrilho, gerenciada pelo Metrô de São Paulo.

Na ocasião, a companhia vai iniciar a instalação da cobertura metálica da futura estação Jardim Colonial, da Linha 15-Prata.

De acordo com a CET, as interdições ocorrem no sentido Sapopemba da avenida, a partir da Rua André de Almeida por cerca de 100 metros. O bloqueio tem início nesta sexta-feira, 14 de agosto de 2020, às 22h. A via será liberada às 5h da manhã de segunda-feira, 17.

Como alternativa de trajeto, os veículos que passam pela Avenida Ragueb Chohfi, sentido Sapopemba, deverão virar à direita na Rua André de Almeida e à esquerda, contornando a praça e retornando para Avenida Ragueb Chohfi na sequência.

A CET informou que agentes vão controlar os desvios e orientar motoristas no local quanto às interdições e caminhos a seguir.

SOBRE A LINHA 15-PRATA

A Linha 15-Prata do Metrô atualmente liga a região da Vila Prudente até o bairro de São Mateus, junto ao Terminal Metropolitano e a obra que provocará as mudanças no transito, fazem parte da expansão de mais um pequeno trecho da linha, que chegará ao Jardim Colonial.

“As obras da estação Jardim Colonial avançaram significativamente neste ano, com a construção de todo o corpo da estação, permitindo agora a instalação da cobertura. Quando estiver pronta, será a 11ª estação da Linha 15, que chegará a cerca de 15 km de extensão”, informou o Metrô, em nota.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta