Assembleia de motoristas afeta início da operação dos ônibus de São José dos Campos

Publicado em: 10 de agosto de 2020

Profissionais  protestam contra pagamento parcial dos salários

ADAMO BAZANI

Motoristas e demais funcionários do sistema de ônibus de São José dos Campos, no interior de São Paulo, realizam na manhã desta segunda-feira, 10 de agosto de 2020, uma assembleia o que afetou o início das operações.

De acordo com o sindicato da categoria, até por volta de 7h30, apenas 50% dos ônibus escalados saíram às ruas.

Os profissionais protestam contra o pagamento apenas parcial de salários.

As empresas, por sua vez, alegam dificuldades devido à queda de arrecadação por causa da pandemia da Covid-19 que provocou redução no número de passageiros.

Os usuários se queixam porque dizem ter sido pegos de surpresa.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Dannille Sol disse:

    “As empresas, por sua vez, alegam dificuldades devido à queda de arrecadação por causa da pandemia da Covid-19 que provocou redução no número de passageiros”. o NUMERO DE PASSAGEIROS NÃO DIMINUIU, POIS TODOS OS DIAS OS ONIBUS ESTÃO LOTADOS … As empresas de ônibus fazem esse calculo contando com os estudantes, sim, eles não pegam ônibus durante a pandemia, mas nós trabalhadores sim.

  2. Patrícia Kelly Camilo da silva disse:

    Eu acho um absurdo a empresa alegar que houve queda do uso do transporte público que eu siba e vi com os meus próprios olhos foi os ônibus cheio a unica redução foi reduzir os ônibus para ferrar com os trabalhadores agora pergunto e as granas que a empresas vem ganhando a anos não conta senão conta deveria pois esses tem grana sobrando e que da muito bem para pagar os empregados que trabalha para eles esses empresários só pensa no umbigo deles quanto mais dinheiro entrar para eles é bom mais na hora de pagar os empregados falam que estão no prejuízo empresários vê se vocês criam vergonha na cara quem tem que reclamar que não tem dinheiro somos nós que paga um absurdo para andar em ônibus lotado.

  3. Andréa dos Santos disse:

    A única que não está circulando é a empresa Joseense

Deixe uma resposta