Pelotas (RS) suspende o transporte coletivo até terça-feira (11)

Publicado em: 7 de agosto de 2020

Somente trabalhadores de serviços essenciais serão transportados ou casos de deslocamentos para hospitais

Medida passa a vigorar no sábado (08), com os ônibus atendendo somente profissionais da saúde

WILLIAN MOREIRA

A cidade de Pelotas, no estado do Rio Grande do Sul, vai suspender por quatro dias, a circulação do transporte coletivo municipal para todos os moradores, excetos profissionais da saúde, devidamente identificados, em razão do “lockdown”.

Com a medida, todas as atividades não essenciais ficam paralisadas a partir de sábado 08 de agosto de 2020  até a terça-feira, 11 de agosto, alterando os itinerários do transporte, já que os ônibus interbairros não vão circular. As linhas especiais somente vão atender quem tem autorização para uso.

A Secretaria de Transporte e Trânsito (STT) criou uma tabela com horários de funcionamento que realizará os percursos de ida e volta dos trabalhadores do setor da saúde, entre às 6h até 7h30, das 12h às 13h30 e no começo da noite das 18h até as 19h30.

“Vamos garantir a ida e a volta de profissionais da saúde, nos horários habituais de início e término de jornada de trabalho. As classes, salvo exceções, atuam em regime de seis ou de 12 horas e haverá ônibus para transportá-las”, afirma o secretário de Transporte e Trânsito, Flávio Al-Alam em nota divulgada para a imprensa.

TRANSPORTE INDIVIDUAL TAMBÉM TEM RESTRIÇÕES

A STT avisou que táxis, carros por aplicativo e mototáxis tem a permissão de circular, entretanto, para atender usuários que estejam trabalhando em serviços essenciais e pessoas que precisem buscar atendimento médico, ir a farmácia ou rodoviária.

Em ações de fiscalização quem for abordado deverá justificar o transporte do passageiro e para onde ele está indo. Mesmo assim não está previsto multa ou outra penalidade.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Maria de Fátima Mendes Reis disse:

    Boa noite sou cuidadora e trabalho noite sim outra não por esse motivo faço uso de ônibus e para mim que saio no outro dia as 9::00hs fica muito ruim ter que ficar 3:00hs esperando ônibus,ainda dia de semana não é tão complicado o problema é nos domingos e feriados. assim como eu tem muitos cuidadores que tem o mesmo problema.espero ser atendida agradeço..

Deixe uma resposta