MobiBrasil cria campanha contra incêndio e depredação de ônibus

Ônibus atacado na zona Sul da capital paulista em junho

Ação conta com apoio de líderes comunitários, segundo empresa

ADAMO BAZANI

A empresa de ônibus MobiBrasil lançou uma campanha contra ataques a coletivos.

Com o slogan  “Não queime. Não deprede. Preserve”., a mensagem está sendo veiculada por meio de cartazes, redes sociais, jornais de bairro e no aplicativo de horários de ônibus CittaMobi.

O início foi na região do Jabaquara, na zona Sul da cidade de São Paulo, e a iniciativa será estendida para Diadema, na Grande São Paulo, e Pernambuco, locais onde a empresa tem operação.

De acordo com a companhia de ônibus, a ação conta com o apoio dos líderes comunitários.

“Essa ideia de ação surgiu nas reuniões com as lideranças comunitárias para reforçamos que o transporte público é de todos e que se algum ônibus é depredado ou queimado, é a comunidade quem sai mais prejudicada”, disse em nota, assessora de comunicação da MobiBrasil, Maria Sossmeier.

A campanha foi criada pela agência de publicidade pernambucana Martalima Comunicação.

Em meados de junho deste ano, ônibus da empresa foram alvos de ataques, com incêndio e depredações, por criminosos na região da Avenida Cupecê, na zona Sul da Capital Paulista.

As ações ocorreram em meio a protestos contra a morte do adolescente Guilherme Silva Guedes, de 15 anos, por policiais militares, segundo apurações da Polícia Civil de São Paulo.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta