Incêndios a ônibus causaram prejuízos de quase R$ 4 milhões a empresas da Grande Vitória (ES)

Publicado em: 31 de julho de 2020

Crescimento da quantidade de ataques tem assustado motoristas e passageiros Foto: Reprodução/TV Gazeta

Ao menos nove ônibus foram destruídos e polícia investiga ordens que teriam partido de presidiários

ADAMO BAZANI

Os ataques a ônibus neste ano na Grande Vitória (ES) causaram prejuízos de R$ 3,6 milhões às empresas que operam o sistema Transcol.

Pelo menos nove coletivos foram destruídos em incêndios criminosos.

A informação é do GVBus – Sindicato das Empresas de Transporte Metropolitano da Grande Vitória ao jornal A Gazeta.

A estimativa é de que cada veículo destruído custava R$ 400 mil.

A quantidade de ataques também cresceu. Enquanto até agora foram ao menos novos ônibus, em todo o ano de 2019, a entidade que reúne as empresas registrou três veículos destruídos.

Somente neste mês de julho foram quatro ataques até a tarde desta sexta-feira, 31.

Em um dos ataques na região de Itacibá, em Cariacica, na madrugada da última quinta-feira, 30, os criminosos deixaram com o motorista um bilhete reclamando de comida supostamente estragada nos presídios do Estado, pedindo a volta das visitas íntimas e ameaçaram novos ataques.

A secretaria de segurança pública diz que já houve prisões de suspeitos e que reforça os patrulhamentos para evitar novos ataques.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta