Câmeras no corpo de seguranças também poderão ajudar a fiscalizar uso de máscara em Metrô

Publicado em: 31 de julho de 2020

Declaração é do secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy

ADAMO BAZANI/WILLIAN MOREIRA

O secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, disse que as câmeras no corpo dos seguranças podem ajudar também na fiscalização sobre quem está usando máscaras em trens e estações do Metrô.

A declaração foi dada em entrevista coletiva no início da tarde desta sexta-feira, 31 de julho de 2020, durante entrevista coletiva sobre o Plano São Paulo ao lado do governador João Doria.

Segundo Baldy, quem não usa máscara descumpre um decreto que está em vigor.

O secretário disse que assim que detectado um passageiro sem máscara, os seguranças inicialmente orientam o usuário a colocá-la novamente e reiterou que nenhuma pessoa pode entrar sem a proteção nas estações da CPTM e do Metrô.

Como mostrou o Diário do Transporte, na mesma coletiva, foi anunciado que seguranças da Companhia do Metrô de São Paulo usarão bodyCam (câmeras de corpo) para monitorar as ações nos trens e estações.

A partir desta segunda-feira, 03 de agosto de 2020, 350 agentes de seguranças em oito estações do Metrô já estarão com os equipamentos.

Serão enviadas para oito bases das linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata; em setembro para outras 8 bases das linhas 1, 2 e 3; e em outubro para as duas últimas bases da linha 1-Azul.

O intuito é que até o final de outubro todas as câmeras estejam à disposição para uso.

Segundo o Metrô,  foram investidos R$ 400 mil para ampliar a transparência na atuação dos seguranças.

Relembre;

https://diariodotransporte.com.br/2020/07/31/segurancas-do-metro-terao-cameras-de-corpo-e-ciclofaixa-da-marginal-pinheiros-volta-a-abrir/

Adamo Bazani e Willian Moreira

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta