ANTT autoriza a Viação Catarinense a implantar linha Rio-São Paulo

Publicado em: 31 de julho de 2020

Foto: Carlos Kircheim

Agência autoriza ainda a Viação Miracatiba a atuar em fretamento interestadual, e renova licença operacional de linha da empresa argentina Dumas SA

ALEXANDRE PELEGI

A Superintendência de Serviços de Transporte Rodoviário de Passageiros da Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT publicou no Diário Oficial da União desta sexta-feira, 31 de julho de 2020, novas Portarias relativas a solicitações de empresas de ônibus do transporte interestadual e internacional.

Pela Portaria nº 468, a Agência autorizou a Auto Viação Catarinense Ltda, do Grupo JCA, a implantar a linha Rio de Janeiro (RJ) – São Paulo (SP), prefixo 07-0177-00.

O trecho atualmente já é operado pelo Grupo JCA pelas empresas 1001 e Expresso do Sul. O trecho Rio-SP inclusive já é oferecido pela Catarinense, mas com partidas do Terminal Barra Funda.


Já pela Portaria nº 438, a ANTT homologou a renovação da Licença Complementar nº 044/2017-ANTT da empresa Dumas S.A. para prestação do serviço regular de transporte rodoviário internacional de passageiros entre a República Argentina e a República Federativa do Brasil, referente à linha Cordoba (AR) – Balneário Camboriú (BR), com tráfego pela fronteira Paso de los Libres – Uruguaiana.

O prazo de vigência desta licença é de 1º de julho de 2020 a 30 de junho de 2021, com base nos Acordos Bilaterais Brasil/Argentina.


A Portaria nº 447 negou os pedidos de autorização para operar mercados pleiteados pela empresa Kim Servicos de Turismo Eireli por inobservância ao prazo indicado no §1 do art. 26 da Resolução ANTT nº 4.770/2015: “Art. 26 – Havendo qualquer pendência na documentação apresentada, a transportadora será comunicada para saná-la.

1º – Caso não haja manifestação da transportadora em um prazo de 60 (sessenta) dias úteis, contados da data de comunicação de que trata o caput, o processo será arquivado.”

Ontem, pelo mesmo motivo, a Portaria nº 446 negou outros pedidos da Kim Serviços de Turismo.

Com a negativa, a Agência desconhece os pedidos de impugnação das empresas Expresso Guanabara S/A e Empresa Gontijo de Transportes Ltda.


Por fim, a Portaria nº 455 autorizou 18 empresas de ônibus para a prestação do serviço de transporte rodoviário coletivo interestadual e internacional de passageiros realizado em regime de fretamento.

Dentre as empresas autorizadas está a Viação Miracatiba, do sistema EMTU na Grande São Paulo, integrante do Consórcio Intervias.

Veja a relação abaixo, juntamente com as demais Portarias publicadas hoje:



Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Ezequiel dos Santos Souza disse:

    O grupo JCA tá querendo mesmo acabar com a viação cometa é uma pena atualmente a catarinense está fazendo a linha Curitiba a São Paulo e quando todos nós pensávamos que a viação cometa voltaria para a linha Rio de Janeiro a São Paulo lá ta de novo a catarinense e nós paulistas vamos ter aturar isso?

  2. Olga Andrioli disse:

    Ola quando a auto viasao catarinense volta a fser linha entre campinas e balneario camboriu estamos em falta desse cerviço alguem para divulgar quando vai comecar a funcionar essa linha

Deixe uma resposta