Paralisação do transporte coletivo em Juiz de Fora chega ao terceiro dia

Foto: Gabriel Cruz

Com a interrupção do serviço, veículos do transporte escolar receberam autorização para fazer itinerários dos ônibus.

WILLIAN MOREIRA

A greve dos trabalhadores do transporte público na cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais, chega ao terceiro dia nesta quinta-feira, 23 de julho d 2020, ainda sem um aceno de solução para o impasse.

Os trabalhadores em especial da empresa Goretti Irmãos Ltda, se queixam de atrasos no pagamento no ticket alimentação e cesta básica referentes ao mês de maio.

Mesmo após duas liminares determinando o retorno dos ônibus, a continuidade da paralisação motivou a prefeitura a emitir um decreto liberando os veículos do transporte escolar a realizar a função dos coletivos e em linhas já definidas.

Segundo o Decreto nº 14.019 de 22 de julho de 2020, de forma extraordinária fica “autorizada a utilização de veículos de transporte escolar como forma de garantir a continuidade do serviço público essencial de transporte coletivo urbano aos usuários em caso de sua interrupção total ou parcial”, não importando o motivo da alteração na prestação do serviço.

Estes veículos já estão atuando e assim amenizando os impactos da greve, ainda sem data para terminar.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta