Caraguatatuba (SP) determina retorno de 100% da frota do transporte coletivo e volta a cobrar Zona Azul

Publicado em: 23 de julho de 2020

Ofício foi encaminhado à empresa Praiamar Transportes nesta quarta-feira, 22. Foto: Divulgação.

Desde 23 de março, metade do total de ônibus circula na cidade

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Caraguatatuba, no Litoral Paulista, determinou o retorno de 100% da frota do transporte coletivo. Um ofício foi encaminhado à empresa Praiamar Transportes nesta quarta-feira, 22 de julho de 2020, solicitando a mudança.

O documento solicita que a concessionária do transporte público no município recoloque, imediatamente, todos os 50 veículos em circulação. O objetivo é atender a demanda de usuários que voltaram a trabalhar após o avanço de fases no Plano São Paulo devido à Covid-19.

“Encaminhamos o ofício à empresa, nesta quarta-feira (22), para que ela volte a circular com a sua frota normal e aguardamos o retorno”, afirmou o secretário da pasta, Maurício Ferreira, em nota.

Desde o dia 23 de março de 2020, houve uma redução na quantidade de veículos, porque o objetivo era que a população permanecesse em isolamento social. Portanto, apenas 30% da ocupação de cada veículo podia ser usada e a operação era feita com 50% da frota.

JUSTIFICATIVA

No ofício, o secretário Maurício Ferreira reforça que um levantamento realizado junto à Associação Comercial e Empresarial de Caraguatatuba aponta que a jornada dos trabalhadores está praticamente dentro dos padrões anteriores à pandemia. Isso porque o expediente interno das lojas acontece normalmente.

Assim, mesmo que o comércio somente esteja aberto ao público em horário específico, compreendido entre as 11h e 17h, há demanda.

Ainda segundo o secretário, “é sabido que, atualmente, a operação está sendo cumprida com 60% da frota vinculada total, reservando-se, em média, 20 ônibus para a Região Sul e 10 para a Região Norte”.

“Na última semana, um grupo maior foi liberado para voltar a utilizar o transporte coletivo. Trata-se dos idosos, que ficaram quase quatro meses sem poder utilizar a gratuidade nos ônibus”, justifica a Prefeitura, em nota.

Diante deste cenário, Ferreira reforça que a quantidade de ônibus empregada é insuficiente para proporcionar um transporte de qualidade e sobretudo seguro aos usuários.

 “Aguardamos a resposta da Praiamar para retomar com toda a sua capacidade aos padrões anteriores à pandemia para os dias úteis, excetuando-se apenas as linhas escolares, sob pena de incorrerem nas penas do descumprimento, caso contrário, poderá responder as sanções previstas”, reforça o secretário.

Os horários de ônibus podem ser acessados no link: http://www.caraguatatuba.sp.gov.br/pmc/secretaria-de-mobilidade-protecao/horario-dos-onibus/.

O Diário do Transporte aguarda um posicionamento da Praiamar sobre a retomada da totalidade da frota à operação.

ZONA AZUL

Outra mudança anunciada pela Prefeitura é que a cobrança da Zona Azul volta a partir da próxima segunda-feira, 27, na região central de Caraguatatuba.

O serviço havia sido suspenso, também devido ao combate à Covid-19. A medida ocorreu porque todo o comércio não essencial foi fechado.

“As monitoras voltam às ruas nesta quinta-feira (23) para orientar os motoristas sobre a retomada dos serviços. O valor da hora é de R$ 2,40 e a zona azul funciona de segunda a sábado, das 9h às 18h”, detalhou a Prefeitura, em nota.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta