Greve de ônibus atinge Porto Velho (RO) nesta segunda-feira, 20

Publicado em: 20 de julho de 2020

Sistema já opera com frota reduzida

Trabalhadores dos transportes se queixam do não recebimento de salários e benefícios

ADAMO BAZANI

Mais uma vez os moradores de Porto Velho (RO) ficaram sem transporte coletivo.

Funcionários do sistema de transportes cruzaram os braços alegando falta de pagamento de salários e benefícios.

Os veículos não saíam às ruas na manhã desta segunda-feira, 20 de julho de 2020.

Como noticiou o Diário do Transporte, a população já havia enfrentado uma greve no final de junho:

https://diariodotransporte.com.br/2020/06/30/greve-de-onibus-em-porto-velho-e-encerrada-mas-frota-permanece-reduzida-devido-a-pandemia-de-covid-19/

A paralisação também ocorre em meio às indefinições sobre a entrada de uma nova empresa de ônibus na cidade.

Em março, foi declarada vencedora de uma concorrência para o sistema a empresa JTP, que opera em Embu das Artes, na Grande São Paulo, mas  em 07 de julho de 2020, a  juíza Inês Moreira da Costa, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Porto Velho (RO), suspendeu a licitação ao atender ação da Amparo Viação e Turismo, que alega que a JTP não atenderia às exigências financeiras do contrato. A prefeitura tenta reverter a decisão.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/07/08/justica-determina-suspensao-de-licitacao-de-porto-velho-que-teve-jtp-como-vencedora/

A JTP já comprou novos ônibus com ar-condicionado para o sistema e, segundo a prefeitura, deve assumir em setembro. A previsão inicial era julho, mas por causa da pandemia, o cronograma foi postergado. Alguns ônibus já estão prontos, como mostrou o Diário do Transporte no dia 02 de julho.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/07/02/marcopolo-conclui-os-primeiros-onibus-zero-quilometro-da-jtp-para-porto-velho/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta