Volare entrega quatro Fly 10 para fretamento e turismo no Pará

Publicado em: 16 de julho de 2020

Renovação será importante em retomada econômica, diz proprietário da empresa, Josualdo Carvalho

Um dos veículos é equipado com banheiro e suspensão a ar

ADAMO BAZANI

A Volare entregou para a empresa Carvalho, operadora de transporte de Belém, capital do Pará, quatro um idades do miniônibus Volare Fly 10, que serão usadas em aplicações de fretamento contínuo e turismo.

A venda foi feita pela concessionária Agramoto.

Segundo a Volare, em nota, um dos quatro Volare Fly 10 desenvolvidos para a operadora conta com sanitário, suspensão pneumática e geladeira, o que aumenta ainda mais a segurança, comodidade e conforto para os clientes. Todos os veículos são equipados com poltronas Executiva 940mm com tomadas USB, sistema de ar-condicionado de teto Spheros CC205T, parede de separação total, cortinas, itinerário eletrônico, preparação para sistema de entretenimento, com DVD e monitor, porta-copos integrados às poltronas, porta-pacotes e piso com acabamento que imita madeira para mais sofisticação.

Na mesma nota, o proprietário da empresa, Josualdo Carvalho, disse que a renovação será fundamental para a retomada das atividades esperada com a diminuição de casos e óbitos de Covid-19.

“Mesmo neste momento de pandemia e de significativa queda na demanda dos clientes, decidimos investir para estar muito bem preparados nesta retomada de atividades. A escolha por quatro veículos sofisticados e completos como o Volare Fly 10 se deu em razão dos elevados padrões de conforto, segurança, capacidade de passageiros e, também, de bagagem”, disse.

Com capacidade para 36 passageiros (34 mais motorista e auxiliar), o Volare Fly 10 é equipado com motorização Cummins ISF 3.8, de 162 cv de potência, sistema de freio eletropneumático e conta com bagageiro traseiro com 4.000 litros de capacidade e maior vão de acesso, complementa a fabricante.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta