Greve de ônibus afeta região do Distrito Federal

Sindicato que representa a categoria alega atrasos no pagamento de hora extra. Foto: José Antonio Gama

Ao menos três empresas estão sem operar, interrompendo o serviço em sete cidades

WILLIAN MOREIRA

Uma paralisação de motoristas e cobradores de ônibus afeta o Distrito Federal.

Os trabalhadores se queixam de atrasos no pagamento de parte dos direitos.

Os funcionários atuam nas empresas Piracicabana, Marechal e Pioneira, deixando sem atendimento sete cidades (Santa Maria, Gama, Ceilândia, Taguatinga, São Sebastião, Paranoá e Guará).

De acordo com o Sindicato dos Rodoviários, estes trabalhadores deveriam ter recebido em 05 de julho de 2020, o pagamento referente as horas extras.

As empresas, por sua vez, alegam que os salários e demais benefícios estão em dia e que mesmo na crise causada pelo novo coronavírus, não houve demissões.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Flávia disse:

    Em Samambaia também paralizou os ônibus.

Deixe uma resposta