O adeus de um apaixonado pelos transportes, eterno motorista de ônibus

Publicado em: 7 de julho de 2020

Motorista de ônibus Alexandre Camargo Cordeiro (de camisa) ao lado do filho Ilson Antonio Ferreira Cordeiro, que se tornou motorista de ônibus, seguindo o exemplo do pai. Foto: Arquivo Pessoal

Profissional amava o seu trabalho, a mobilidade e as vidas, e, em sua passagem, teve o último desejo atendido: ser sepultado trajando o uniforme e crachá de motorista

ADAMO BAZANI

Sabe o que fascina no setor de transportes de passageiros? É que apesar de todas as dificuldades, desafios diários e o trabalhar sempre com o imprevisível, é um setor movido pela paixão que movimenta vidas. O diesel, a eletricidade, o etanol, o GNV, o hidrogênio são apenas instrumentos, porque o combustível mesmo é esta paixão, que pode ir, inclusive, além da vida terrena.

O Diário do Transporte recebeu uma história que é a prova disso e que merece o registro e a homenagem.

O motorista de ônibus Alexandre Camargo Cordeiro, sempre foi um apaixonado pela sua profissão. Era daqueles que iam trabalhar com gosto, com um sorriso, com vontade,

Mas nesta segunda-feira, 06 de julho de 2020, aos 67 anos, o profissional, que estava aposentado por invalidez, não resistiu a um câncer.

O amor pelo transporte era tão grande, que Alexandre Cordeiro pedia sempre para, quando chegasse a hora de sua partida, seu corpo fosse sepultado trajando o uniforme e o crachá da Viação Nobel, empresa para a qual trabalhou em Fazenda Rio Grande, no Paraná, de 1997 a 2007, antes de ser afastado em março de 2007 e, posteriormente, aposentado por causa da doença em fevereiro de 2018.

O último desejo foi atendido nesta terça-feira, data de seu sepultamento.

Além do uniforme e do crachá devidamente trajados, foi deixado junto ao corpo o “materlinho de madeira”, instrumento usado costumeiramente pelos motoristas para checar a calibragem dos pneus dos ônibus, um procedimento de segurança fundamental.

Seu amor pela profissão deu frutos. Seu filho, Ilson Antonio Ferreira Cordeiro, trabalha como motorista desde 2014, no Grupo Leblon e mantém seu legado.

“O Grupo Leblon Transporte de Passageiros lamenta o falecimento do motorista Alexandre Camargo Cordeiro, nesta segunda-feira, 06 de julho de 2020, e presta homenagens e gratidão a este verdadeiro apaixonado pelos transportes. O momento é triste por sua passagem, mas queremos homenagear e celebrar a sua vida, o seu exemplo de amor pelo transporte de pessoas. Muito obrigado, Alexandre Camargo Cordeiro, seu exemplo de dedicação ao ir e vir das pessoas permanece.” – disse a Leblon em nota.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Celso Gomes disse:

    Descanse em paz irmão 😢

  2. Renato Carlos Pavanelli disse:

    O adeus de um apaixonado pelos transportes, eterno motorista de ônibus
    Publicado em: 7 de julho de 2020. – O motorista de ônibus Alexandre Camargo Cordeiro, com Absoluta Certeza no Cumprimento de Seu Mister, Não Necessita de Gerente, Supervisor, Chefe, Fiscal para Realizar o Seu Trabalho, Porque? Porque Fez e Fazia o Que Gostava, Isso é que é Fundamental para qualquer pessoa, Desempenhar com Motivação o Seu Trabalho.
    Deus o Ilumine senhor Alexandre. Pêsames a Família.

  3. Rogerio Belda disse:

    O mundo vai ficando complicado e, cada vez mais, o motorista vai ficando distante do passageiro.
    Fiquei emocionado lembrando dos motoristas amigos de quando eu era criança ( já passei do 80 anos ).
    Rogerio Belda – SP

  4. Leno disse:

    Deus console grandemente toda a família. Agora ele está no andar de cima. Abençoado por Deus para sempre.

  5. Nilton disse:

    Um profissional assim jamais será esquecido pelos irmãos de estrada

  6. Marcelo Silva disse:

    Quem gosta ,gosta
    Assim somos nós que trabalha no transporte de passageiros
    Vá com Deus

  7. Jarbas disse:

    Adamo bela história de vida é muito boa matéria meus parabéns pelo excelente trabalho

  8. Julio cesar Rodriques dos santos disse:

    Eu julio Rodrigues taxista á 23 anos sei e sinto tudo quê o amigo companheiro sentia pôde ter certeza têm outros como nós quê amamos nossa profissão. Concerteza Deus estava nó ponto fez sinal pro seu ônibus descanse em paz .

  9. Arnaldo Zitnick disse:

    Sr Alexandre descanse em paz e Seu caminho será iluminado por DEUS e irá proteger Seus Familiares e Amigos aqui , Sua Profissão foi muito Honrosa e digna.

  10. Jairo Vieira disse:

    Vai com DEUS,profissionais do volante. Sou motorista de caminho aposentado. Meus sinceros pensamos a família. Amo minha profissão. Rio de Janeiro

  11. Patricia disse:

    Sr Alexandre deixou um legado , Deus consola a família deste nobre motorista.

  12. Carlos Fernando dos Santos disse:

    E lá se vai o seo Alexandre, para sua última viagem.
    VÁ COM DEUS…🙏☹☹☹

  13. José IVANILDO da silva disse:

    ao amigo e eterno colega de profissão, meus pêsames e dizer que vc foi um herói de profissão, subindo e descendo transportando ,muitas vidas e dando contas de todas elas,também sou motorista de turismo aqui em feira de santana na Bahia, e achei bonito esse seu amor pela profissão, aonde poucos dá valor boa partida meu cordeiro e que Deus te ilumine aonde estiveres.

  14. RONALDO GOMES CARVALHO disse:

    Pena que na nossa profissão, essas honrosas e merecidas homenagens, serão sempre reconhecidas depois que nos retiramos. Deus abençoe a familia e nos proteja dessa linda, mas infelizmente desvaloridada profissao.

  15. André disse:

    Também motorista mas de Caminhão há 25 anos na rodagem e eu também faço o que amo ,e tudo que façamos com amor independente da profissão fica bem feito por que é com amor

  16. Geilson Alves De Oliveira disse:

    Descanse em paz companheiro.
    Exemplo a ser seguido, em dias que os motoristas estao, por iniciativa propria, maos distante dos passageiros.
    DEUS abençoe a família.

  17. Kaio Castro disse:

    Existem as academias, as universidades, as escolas, mas onde mais aprendemos é no dia a dia da vida. A postura desse profissional dedicado, modelo, é que nos ensina que em qualquer profissão devemos fazer o melhor, dar o melhor de nós.

  18. rinaldi.arants@gmail.com disse:

    Linda a história deste homem, que mesmo que não seja uma carreira de status aos da sociedade, mas brilhante, conseguiu atingir corações de muitos e importante a ele e a família exerceu papel de um nobre gigante. Parabéns…

  19. WELLINGTON DE OLIVEIRA BERTO disse:

    Sei bem como é isso. Quando desempenhamos algo com amor, fica tudo mais fácil, mais leve. Também sou motorista profissional e quero deixar aqui o meu respeito à esse profissional qualificado e sinceros pêsames à família. Que descanse em paz meu nobre amigo, seu brilhante papel desempenhado nessa vida, ficará para sempre.

  20. Gilmar disse:

    Deus conforte o coração de tds os familiares.

  21. Pedro disse:

    Descanse em paz guerreiro,Deus vai te receber de braços abertos

  22. Carlos alberto disse:

    Aqui vai a homenagem em respeito ao senhor Alexandre por sua dedicação e amor as pessoas e o profissionalismo. Força aos filhos e a família.atenciosamente: Carlos Alberto do estado de Sergipe. Dizer que o senhor é verdadeiramente o profissional.

  23. Edson Gomes disse:

    Descanse em paz… também sou motorista na ativa! só que particular, mas amo dirigir e tudo que faço é por amor a profissão. Mas como um dia tudo isso acaba só temos que pedir a Deus que nos conforte.
    Meus sentimentos a família.

  24. Norival De Fátima disse:

    Descanse em paz guerreiro.tomara q as autoridades aí não registre q vou de covid.

  25. Norival De Fátima disse:

    Descanse em paz guerreiro.tomara q as autoridades aí não registre q foi covid 19

  26. Antônio Eustáquio Cordeiro disse:

    Que pena,sou motorista de ônibus tbm e será uma perda muito triste,deus tenha ele ao seu lado,pêsames a famílias,tbm tenho cordeiro no meu nome!

Deixe uma resposta