O adeus de um apaixonado pelos transportes, eterno motorista de ônibus

Motorista de ônibus Alexandre Camargo Cordeiro (de camisa) ao lado do filho Ilson Antonio Ferreira Cordeiro, que se tornou motorista de ônibus, seguindo o exemplo do pai. Foto: Arquivo Pessoal

Profissional amava o seu trabalho, a mobilidade e as vidas, e, em sua passagem, teve o último desejo atendido: ser sepultado trajando o uniforme e crachá de motorista

ADAMO BAZANI

Sabe o que fascina no setor de transportes de passageiros? É que apesar de todas as dificuldades, desafios diários e o trabalhar sempre com o imprevisível, é um setor movido pela paixão que movimenta vidas. O diesel, a eletricidade, o etanol, o GNV, o hidrogênio são apenas instrumentos, porque o combustível mesmo é esta paixão, que pode ir, inclusive, além da vida terrena.

O Diário do Transporte recebeu uma história que é a prova disso e que merece o registro e a homenagem.

O motorista de ônibus Alexandre Camargo Cordeiro, sempre foi um apaixonado pela sua profissão. Era daqueles que iam trabalhar com gosto, com um sorriso, com vontade,

Mas nesta segunda-feira, 06 de julho de 2020, aos 67 anos, o profissional, que estava aposentado por invalidez, não resistiu a um câncer.

O amor pelo transporte era tão grande, que Alexandre Cordeiro pedia sempre para, quando chegasse a hora de sua partida, seu corpo fosse sepultado trajando o uniforme e o crachá da Viação Nobel, empresa para a qual trabalhou em Fazenda Rio Grande, no Paraná, de 1997 a 2007, antes de ser afastado em março de 2007 e, posteriormente, aposentado por causa da doença em fevereiro de 2018.

O último desejo foi atendido nesta terça-feira, data de seu sepultamento.

Além do uniforme e do crachá devidamente trajados, foi deixado junto ao corpo o “materlinho de madeira”, instrumento usado costumeiramente pelos motoristas para checar a calibragem dos pneus dos ônibus, um procedimento de segurança fundamental.

Seu amor pela profissão deu frutos. Seu filho, Ilson Antonio Ferreira Cordeiro, trabalha como motorista desde 2014, no Grupo Leblon e mantém seu legado.

“O Grupo Leblon Transporte de Passageiros lamenta o falecimento do motorista Alexandre Camargo Cordeiro, nesta segunda-feira, 06 de julho de 2020, e presta homenagens e gratidão a este verdadeiro apaixonado pelos transportes. O momento é triste por sua passagem, mas queremos homenagear e celebrar a sua vida, o seu exemplo de amor pelo transporte de pessoas. Muito obrigado, Alexandre Camargo Cordeiro, seu exemplo de dedicação ao ir e vir das pessoas permanece.” – disse a Leblon em nota.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Celso Gomes disse:

    Descanse em paz irmão 😢

  2. Renato Carlos Pavanelli disse:

    O adeus de um apaixonado pelos transportes, eterno motorista de ônibus
    Publicado em: 7 de julho de 2020. – O motorista de ônibus Alexandre Camargo Cordeiro, com Absoluta Certeza no Cumprimento de Seu Mister, Não Necessita de Gerente, Supervisor, Chefe, Fiscal para Realizar o Seu Trabalho, Porque? Porque Fez e Fazia o Que Gostava, Isso é que é Fundamental para qualquer pessoa, Desempenhar com Motivação o Seu Trabalho.
    Deus o Ilumine senhor Alexandre. Pêsames a Família.

  3. Rogerio Belda disse:

    O mundo vai ficando complicado e, cada vez mais, o motorista vai ficando distante do passageiro.
    Fiquei emocionado lembrando dos motoristas amigos de quando eu era criança ( já passei do 80 anos ).
    Rogerio Belda – SP

  4. Leno disse:

    Deus console grandemente toda a família. Agora ele está no andar de cima. Abençoado por Deus para sempre.

  5. Nilton disse:

    Um profissional assim jamais será esquecido pelos irmãos de estrada

  6. Marcelo Silva disse:

    Quem gosta ,gosta
    Assim somos nós que trabalha no transporte de passageiros
    Vá com Deus

  7. Jarbas disse:

    Adamo bela história de vida é muito boa matéria meus parabéns pelo excelente trabalho

  8. Julio cesar Rodriques dos santos disse:

    Eu julio Rodrigues taxista á 23 anos sei e sinto tudo quê o amigo companheiro sentia pôde ter certeza têm outros como nós quê amamos nossa profissão. Concerteza Deus estava nó ponto fez sinal pro seu ônibus descanse em paz .

  9. Arnaldo Zitnick disse:

    Sr Alexandre descanse em paz e Seu caminho será iluminado por DEUS e irá proteger Seus Familiares e Amigos aqui , Sua Profissão foi muito Honrosa e digna.

  10. Jairo Vieira disse:

    Vai com DEUS,profissionais do volante. Sou motorista de caminho aposentado. Meus sinceros pensamos a família. Amo minha profissão. Rio de Janeiro

  11. Patricia disse:

    Sr Alexandre deixou um legado , Deus consola a família deste nobre motorista.

  12. Carlos Fernando dos Santos disse:

    E lá se vai o seo Alexandre, para sua última viagem.
    VÁ COM DEUS…🙏☹☹☹

  13. José IVANILDO da silva disse:

    ao amigo e eterno colega de profissão, meus pêsames e dizer que vc foi um herói de profissão, subindo e descendo transportando ,muitas vidas e dando contas de todas elas,também sou motorista de turismo aqui em feira de santana na Bahia, e achei bonito esse seu amor pela profissão, aonde poucos dá valor boa partida meu cordeiro e que Deus te ilumine aonde estiveres.

  14. RONALDO GOMES CARVALHO disse:

    Pena que na nossa profissão, essas honrosas e merecidas homenagens, serão sempre reconhecidas depois que nos retiramos. Deus abençoe a familia e nos proteja dessa linda, mas infelizmente desvaloridada profissao.

  15. André disse:

    Também motorista mas de Caminhão há 25 anos na rodagem e eu também faço o que amo ,e tudo que façamos com amor independente da profissão fica bem feito por que é com amor

  16. Geilson Alves De Oliveira disse:

    Descanse em paz companheiro.
    Exemplo a ser seguido, em dias que os motoristas estao, por iniciativa propria, maos distante dos passageiros.
    DEUS abençoe a família.

  17. Kaio Castro disse:

    Existem as academias, as universidades, as escolas, mas onde mais aprendemos é no dia a dia da vida. A postura desse profissional dedicado, modelo, é que nos ensina que em qualquer profissão devemos fazer o melhor, dar o melhor de nós.

  18. rinaldi.arants@gmail.com disse:

    Linda a história deste homem, que mesmo que não seja uma carreira de status aos da sociedade, mas brilhante, conseguiu atingir corações de muitos e importante a ele e a família exerceu papel de um nobre gigante. Parabéns…

  19. WELLINGTON DE OLIVEIRA BERTO disse:

    Sei bem como é isso. Quando desempenhamos algo com amor, fica tudo mais fácil, mais leve. Também sou motorista profissional e quero deixar aqui o meu respeito à esse profissional qualificado e sinceros pêsames à família. Que descanse em paz meu nobre amigo, seu brilhante papel desempenhado nessa vida, ficará para sempre.

  20. Gilmar disse:

    Deus conforte o coração de tds os familiares.

  21. Pedro disse:

    Descanse em paz guerreiro,Deus vai te receber de braços abertos

  22. Carlos alberto disse:

    Aqui vai a homenagem em respeito ao senhor Alexandre por sua dedicação e amor as pessoas e o profissionalismo. Força aos filhos e a família.atenciosamente: Carlos Alberto do estado de Sergipe. Dizer que o senhor é verdadeiramente o profissional.

  23. Edson Gomes disse:

    Descanse em paz… também sou motorista na ativa! só que particular, mas amo dirigir e tudo que faço é por amor a profissão. Mas como um dia tudo isso acaba só temos que pedir a Deus que nos conforte.
    Meus sentimentos a família.

  24. Norival De Fátima disse:

    Descanse em paz guerreiro.tomara q as autoridades aí não registre q vou de covid.

  25. Norival De Fátima disse:

    Descanse em paz guerreiro.tomara q as autoridades aí não registre q foi covid 19

  26. Antônio Eustáquio Cordeiro disse:

    Que pena,sou motorista de ônibus tbm e será uma perda muito triste,deus tenha ele ao seu lado,pêsames a famílias,tbm tenho cordeiro no meu nome!

Deixe uma resposta