Cidades na fase laranja do plano de quarentena de São Paulo terão mais uma opção de funcionamento das atividades permitidas

Publicado em: 2 de julho de 2020

Secretária Patrícia Ellen diz que opção foi pedido de empresas e prefeituras

Estabelecimentos poderão abrir por seis horas consecutivas, mas só por quatro dias na semana. Medida pode ter impacto no transporte público

ADAMO BAZANI/WILLIAN MOREIRA

Os estabelecimentos comerciais que tiveram permissão de abrir e estão nas cidades classificadas na fase laranja da quarentena no estado de São Paulo terão mais uma opção de horário de funcionamento.

A informação é da secretária de Desenvolvimento Econômico da gestão João Doria, Patrícia Ellen, em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira, 02 de julho de 2020.

Os estabelecimentos poderão escolher funcionar por quatro horas diárias todos os dias ou por seis horas consecutivas desde que somente quatro dias da semana.

Ellen disse que a medida foi um pedido de prefeitos e estabelecimentos comerciais.

“Foi um pleito destes setores e nosso comitê avaliou que tem respaldo técnico. Assim, foi perfeitamente possível atender. Constantemente chegam pleitos e analisamos” – disse a secretária.

Até esta quinta-feira, diversas regiões do Estado estão na fase laranja, como de São José do Rio Preto, de Barretos, de Araraquara, de São João da Boa Vista, de Campinas, de Taubaté, Leste da Grande São Paulo (Arujá, Biritiba-Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Salesópolis, Santa Isabel, Suzano), Norte da Grande São Paulo (Caieiras, Cajamar, Francisco Morato, Franco da Rocha, Mairporã), Oeste da Grande São Paulo (Barueri, Carapicuíba, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba) e Baixada Santista.

A medida pode ter impacto no transporte coletivo nestas cidades, isso porque, poderá provocar um deslocamento maior de trabalhadores em um dos horários de pico, seja da manhã ou da tarde, muito embora, a recomendação é que os estabelecimentos evitem esses deslocamentos.

Na coletiva, o secretário de Saúde, José Henrique Germann, atualizou os números da Covid-19 até o início da tarde desta quinta-feira, 02 de julho:

BRASIL – 1.448.753 casos confirmados – 60.632 óbitos

SÃO PAULO – 302.179 casos confirmados – 15.351 óbitos

Taxa ocupação UTI

ESTADO SP – 64,1%

GRANDE SP – 64,7%

Internados

UTIs- 5.622

Enfermaria – 8.331

Casos Recuperados – 162.851

Altas hospitalares – 45.303

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Willian Moreira, em colaboração especial ao Diário do Transporte

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. marcos disse:

    Boa tarde
    Gostaria de saber se as aulas vao voltar em setembro

Deixe uma resposta