Passageiros de ônibus em São Caetano passam por testes da Covid-19 em bloqueios de surpresa

Publicado em: 29 de junho de 2020

Se usuários e motoristas apresentarem sintomas, é realizado o teste rápido e, em caso de positivo, são encaminhados para unidade de Saúde

ADAMO BAZANI

Passageiros de ônibus em São Caetano do Sul, no ABC Paulista, estão sendo submetidos a testes da Covid-19.

A informação é da prefeitura.

Motoristas também são testados.

De acordo com nota da prefeitura desta segunda-feira, 29 de junho de 2020, as ações ocorrem em bloqueios de surpresa nos 15 bairros da cidade, de forma itinerante. São oito pontos por dia, sendo quatro de manhã e outros quatro à tarde. Os locais não são divulgados antecipadamente para evitar aglomerações.

Inicialmente, aferida a temperatura de motoristas e passageiros. Quem apresenta febre e alteração nos níveis de oxigênio no sangue (oximetria) é submetido ao teste rápido contra a Covid-19 no local.

Se o resultado der positivo, a pessoa é levada para atendimento complementar na Carreta Saúde em Movimento, ao lado do Hospital Municipal de Emergências Albert Sabin, no Bairro Santa Paula.

Os testes estão ocorrendo também nos ônibus metropolitanos gerenciados pela EMTU  que passam em São Caetano do Sul.

“Estamos mapeando a Covid-19 para garantirmos o melhor atendimento e tirarmos de circulação quem está com sintoma. Esta é mais uma tentativa de contenção da transmissão do coronavírus para protegermos a nossa população”, destacou, em nota, o prefeito José Auricchio Júnior.

Ainda na nota, a prefeitura diz que desde 14 de maio já foram testadas quase 40 mil pessoas.

Somando os atendimentos nos bloqueios de trânsito, no Drive Thru, no Disque Coronavírus, no Inquérito Epidemiológico e nas habitações coletivas, além de servidores na linha de frente de combate à pandemia e pacientes dos hospitais, 37 mil pessoas já foram testadas, o que representa 23% da população da cidade. A manutenção dos programas e as novas estratégias deverão fazer a cidade atingir 40% da população testada até agosto.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta