Crivella antecipa para este sábado (27) abertura de salões de beleza e comércio de rua

Transportes sofrem impactos com maior movimentação

Expectativa é de maior demanda no transporte público. Prefeitura limitou lotação nos ônibus e determinou frota de 100%

ADAMO BAZANI

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, antecipou para este sábado, 27 de junho de 2020, a abertura de lojas de rua, salões de beleza e barbearias.

A previsão anterior era de flexibilização somente em 02 de julho na terceira fase do plano de reabertura gradual das atividades por causa da Covid-19.

O anúncio foi feito na tarde dessa sexta-feira, 26 de junho.

O horário de funcionamento destes estabelecimentos será das 11h às 17h.

No caso dos salões e barbearias, o atendimento deverá ser por agendamento e sem espera por parte dos clientes. Não poderão ser consumidos alimentos e bebidas nestes estabelecimentos.

As lojas ó podem receber 1/3 da capacidade física de ocupação, com distanciamento entre as pessoas e a disponibilização de álcool em gel e reforço de materiais para lavação das mãos nos banheiros.

Com a abertura, a expectativa é de maior demanda ainda no transporte público.

Como mostrou o Diário do Transporte, em resolução publicada no Diário Oficial de 16 de junho, a prefeitura do Rio de Janeiro determinou o retorno de 100% da frota escalada de ônibus comuns e do BRT – Bus Rapid Transit, de acordo com os patamares anteriores à pandemia da Covid-19.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/06/16/prefeitura-do-rio-de-janeiro-determina-100-da-frota-de-onibus-nas-ruas-e-no-brt/

Já em outro ato, em 25 de junho, a prefeitura regulamentou a possibilidade de os ônibus transportarem passageiros em pé, desde que obedecendo o limite de duas pessoas por metro quadrado.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/06/25/entra-em-vigor-decreto-que-permite-passageiros-em-pe-nos-onibus-comuns-e-brts-do-rio-de-janeiro/

Em nota desta sexta-feira, a gestão Crivella informou que a Secretaria Municipal de Transportes realizou ações de orientação aos passageiros nos dias 25 e 26 de junho quanto ao cumprimento das normas evitar a propagação da Covid-19.

“Durante as ações, os fiscais observaram que a maior parte dos passageiros estava de máscara, inclusive os motoristas. Aqueles que não tinham o equipamento de proteção, receberam dos agentes da secretaria, que também disponibilizaram álcool 70% para higienizar as mãos. Por outro lado, ônibus ainda foram flagrados com lotação e intervalo superior ao determinado, o que resultou em 117 multas.” – informou

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Informe Publicitário
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Deixe uma resposta