EMTU assina concessão de espaços comerciais de terminais do Corredor ABD

Publicado em: 25 de junho de 2020

Trólebus em terminal de Corredor ABD

Contrato é de R$ 16,6 milhões e tem validade de quatro anos. Governo espera melhoria nas áreas

ADAMO BAZANI

A EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos assinou contrato de concessão à iniciativa privada de espaços de terminais do Corredor ABD (São Mateus/Jabaquara e Diadema/Brooklin).

O contrato é referente ao lote 02 que abrange uma área de 528,29 metros quadrados divididos entre os terminais São Mateus (São Paulo), Diadema, Jabaquara (São Paulo), Piraporinha (Diadema) e São Bernardo do Campo.

A empresa que vai administrar os espaços é a Ralmídia Ltda. – EPP e o contrato tem o valor de R$ 16,6 milhões (R$ 16.626.327,20) com duração de dois anos.

A assinatura ocorreu em 22 de junho de 2020 e a publicação oficial é desta quinta-feira, 25.

A concessão da exploração comercial envolve os serviços de despesas de administração, conservação, manutenção e vigilância da área concedida.

Como mostrou o Diário do Transporte, a concessão foi dividida em dois lotes.

Para o lote 01 ainda não houve ainda divulgação oficial.

O lote 01 soma área de 505,71 metros quadrados divididos entre os terminais Santo André Oeste, Santo André Leste e Ferrazópolis (São Bernardo do Campo).

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/03/27/emtu-abre-licitacao-para-conceder-espacos-comerciais-em-terminais-do-corredor-abd/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. SILVIO ANESTOR FERREIRA disse:

    Este ato reduzirá muito o espaço circulante! Como vcs podem checar no corredorq liga as plataformas!

  2. Marcos disse:

    A Emtu precisa arrumar novas fontes de renda pois esta perdendo linhas….e como vai garantir o lucro das consorciadas…senao houve linhas

Deixe uma resposta