Retorno das aulas no Estado de São Paulo deve começar em 08 de setembro e entrada e saída vai ser fora do pico do transporte público

Ônibus escolares terão álcool em gel

Transporte escolar deve seguir protocolos de higiene e limpeza

ADAMO BAZANI

As aulas das redes pública e privadas de ensino no Estado de São Paulo, contando com ensino básico, médio e superior, devem ser retomadas gradativamente com previsão  a partir de 08 de setembro deste ano.

O anúncio foi feito em entrevista coletiva no início da tarde desta quarta-feira, 24 de junho de 2020, pelo governador João Doria ao lado de secretários.

O retorno das aulas deve abranger em torno de 13 milhões de estudantes, o que deve impactar os sistemas de transportes, entre vans e ônibus municipais, ônibus metropolitanos, ônibus suburbanos, ônibus rodoviários, metrô e trens.

Uma das recomendações é para que a entrada e saída dos alunos devem ocorrer, preferencialmente, fora do horário de pico do transporte público.

Além disso, os transportadores escolares devem seguir protocolos de higiene e limpeza nos veículos, inclusive com álcool em gel nos ônibus, micro-ônibus e vans.

Os ônibus e vans escolares deverão ter espaçamento entre os estudantes, com a ocupação de apenas um lugar de cada poltrona dupla.

Serão três etapas de retorno:

– 8 de setembro (previsão) 35% da capacidade física da instituição de ensino

– 70% da capacidade física da instituição de ensino

– 100% da capacidade física da instituição de ensino

Para a primeira etapa começar, 100% das cidades do Estado devem estar na fase 3-Amarela do plano de relaxamento da quarentena por 28 dias.  Já para a segunda fase, ao menos 60% dos agrupamentos regionais de saúde devem estar na fase 4-Verde há ao menos 14 dias e, para a última fase, com 100% da capacidade das escolas, 80% das regionais de saúde devem estar na fase 4-Verde por 14 dias.

As instituições de ensino devem medir a temperatura dos alunos e, se identificado 37,5º ou mais, a orientação é que o estudante seja encaminhado para uma unidade de saúde.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Comentários

  1. Fabio disse:

    As vans e os transporte escolar tem que oferecer tudo isso para o transporte dos alunos. Agora fica uma perguntas aqueles aluno que vao para suas casas com o transporte publico como fica ????? Ata è publico o virus nao utiliza o serviço.

Deixe uma resposta