Em quatro anos, Transwolff compra cerca de 800 ônibus zero-quilômetro para renovação de frota

Ônibus de motor dianteiro chassi Mercedes-Benz OF-1724 e com carroceria Caio Apache Vip IV. Foto: Divulgação.

Informação foi divulgada pela Mercedes-Benz; compra mais recente foi de 51 ônibus com chassi da marca, que começaram a operar em 10 de junho, conforme já noticiado pelo Diário do Transporte

JESSICA MARQUES

Em quatro anos, a Transwolff Transportes e Turismo Ltda comprou cerca de 800 ônibus zero-quilômetro para renovação de frota. A empresa é operadora do subsistema local de distribuição da capital paulista.

A informação foi divulgada pela Mercedes-Benz na tarde desta quarta-feira, 24 de junho de 2020. De acordo com a fabricante, a maior parte desses ônibus para renovação da frota possui chassi o chassi OF 1724, da marca.

A compra mais recente foi a de 51 novos veículos que entraram em operação no dia 10 de junho de 2020. Os ônibus foram negociados pelo concessionário Divena, de Diadema, no ABC Pauislta, com financiamento parcial do Banco Mercedes-Benz.

Conforme já noticiado pelo Diário do Transporte, os ônibus são de motor dianteiro chassi Mercedes-Benz OF-1724 e com carroceria Caio Apache Vip IV.

Relembre: Zona Sul da capital paulista recebe 51 ônibus zero km da Transwolff

“O chassi de ônibus urbano OF 1724 da Mercedes-Benz conquistou a preferência da Transwolff, concessionária do transporte coletivo da cidade de São Paulo, empresa que fez a maior renovação de frota nos últimos quatro anos na capital paulista. Somente nesse período, foram colocados em operação cerca de 800 ônibus zero km, a maior parte deles do modelo OF 1724”, informou a fabricante, em nota.

FROTA

A fabricante informou ainda que a frota da Transwolff é formada atualmente por mais de 1.200 ônibus, dos quais, 80% são da marca Mercedes-Benz, sendo a maioria do modelo OF 1724.

A empresa é responsável pelo transporte de mais de 700 mil passageiros por dia em cerca de 100 linhas que interligam diversos bairros do extremo sul da capital paulista, como os terminais Santo Amaro, Campo Limpo, Grajaú e Varginha. São aproximadamente 163.000 quilômetros percorridos diariamente.

“O ônibus OF 1724 da Mercedes-Benz é um modelo adequado para nosso tipo de operação, com itens de conforto e segurança para passageiros e motoristas que atendem plenamente as nossas necessidades”, disse Nivaldo Azevedo, diretor de Relações Institucionais da Transwolff, em nota à imprensa.

“Além disso, as novas 51 unidades oferecem mais comodidade aos usuários, trazendo elevador para pessoas com dificuldade de locomoção, ar condicionado, wi-fi e porta USB”.

CUSTO OPERACIONAL

A Mercedes-Benz também reuniu, por meio de nota, os motivos que levaram a empresa a optar pelo chassi OF 1724.

“Um aspecto muito importante para a Transwolff, que tem responsabilidade com a sustentabilidade e a qualidade de vida da população, é que esses ônibus Mercedes-Benz utilizam biocombustível e atendem ao padrão Euro 5, que reduz em até 80% as emissões de poluentes”, disse Nivaldo, também em nota.

“A potência do motor também é muito relevante para nós, afinal a Transwolff opera numa região com geografia muito acidentada. Além disso, o veículo é bastante robusto e de fácil manutenção, o que nos traz redução de custos operacionais”.

Ainda por meio da nota da fabricante, Nivaldo mencionou o atendimento como fator decisivo na escolha da marca. “O concessionário Divena nos dá um ótimo suporte de peças e oficina. É um parceiro que assumiu o compromisso de agilidade na reposição de peças, assessoria pós-venda e manutenção. Nos últimos quatro anos, tem cumprido rigorosamente esses compromissos. Tanto que temos atendimento exclusivo da Divena em nossa garagem”, concluiu.

SOBRE O CHASSI

Em nota, Walter Barbosa, diretor de Vendas e Marketing Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil, destacou os detalhes do chassi vendido à empresa de ônibus.

“Além de atender às exigências da Transwolff, o OF 1724 se destaca pela força de seu potente motor OM 926 LA de 6 cilindros e 238 cv, com 850 Nm de torque, o que assegura ótimas arrancadas e retomadas, vantagens especialmente importantes em São Paulo, cidade com topografia que inclui vários pontos de subidas, exigindo força e excelente performance do veículo”, afirmou.

“Assim como na Transwolff, nossa linha de ônibus OF tem grande presença no transporte coletivo em todo o País, o que nos assegura destacada liderança no segmento de ônibus urbanos”, disse também.

A fabricante informou também que o chassi OF 1724 da Mercedes-Benz e o modelo OF 1721, campeão de vendas da marca, são indicados para o transporte urbano de passageiros.

“Atendem também a demandas de clientes que atuam com fretamento contínuo, como o transporte de funcionários, e fretamento eventual, em caso de grupos de turistas, além de transporte rodoviário de curtas distâncias. Nestes casos, os veículos recebem carroçarias de ônibus rodoviário, proporcionando mais conforto e bem-estar a bordo”, detalhou a Mercedes-Benz.

“Além da tradicional configuração com suspensão metálica, o OF 1724 e o OF 1721 são oferecidos também com suspensão pneumática, aumentando a satisfação dos passageiros e do motorista em relação à comodidade do veículo”, informou também.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. João Luis Garcia disse:

    A grande maioria foi financiada pelo Banco Luso Brasileiro

  2. Paulo Gil disse:

    Amigos, bom dia.

    Um dia espero entender o fenômeno TRANSWOLFF.

    Imaginem se buzão desse lucro. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKkkkkkkkk

    A choradeira pode ser de Tubarão, mas as lágrimas são de crocodilo, como diria mina mãe.

    SAÚDE A TODOS!

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta