São Sebastião do Paraíso (MG) faz novo chamamento público para o transporte coletivo

Viação Leopoldinense assumiu em janeiro o transporte em caráter emergencial. Foto: Reprodução

Este é o segundo procedimento, e contrato terá validade de até 180 dias

ALEXANDRE PELEGI

A prefeitura de São Sebastião do Paraíso, município do estado de Minas Gerais com 70 mil habitantes, lançou novo aviso de Chamamento Público para contratar empresa para o Transporte Coletivo Urbano e Rural pelo período de 180 dias.

Em 2019, a prefeitura fez um processo semelhante com publicação no Diário Oficial da União no dia 16 de dezembro. A Viação Leopoldinense Ltda, de Leopoldina (MG), foi a única empresa a comparecer e acabou vencedora do certame.

As empresas que manifestarem interesse na contratação deverão preencher ficha cadastral e apresentar proposta com base no projeto básico até o dia 27 de dezembro.

As informações na Secretaria de Segurança Pública, Trânsito, Transporte e Defesa Civil, pelo telefone: (35) 3539-4012 ou na Gerência de Compras e Licitações, pelo telefone: (35) 3539-7013, ou pelo site: www.ssparaiso.mg.gov.br/licitacoes.php.


ssgrama


PREFEITURA PREPARA LICITAÇÃO DO SERVIÇO PARA 2020

Como mostrou o Diário do Transporte em 14 de dezembro de 2019, São Sebastião do Paraíso lançou edital de licitação para contratar empresa de consultoria para elaborar a estruturação do Sistema Integrado de Transporte Público Coletivo de Passageiros.

À empresa selecionada caberia elaborar projeto que resultará em uma minuta de edital, minuta de contrato e acompanhamento de procedimento licitatório.

ATUAL SISTEMA DE TRANSPORTE

O atual Sistema de Transporte Coletivo Público de Passageiros de São Sebastião do Paraíso é composto por 07 linhas urbanas e 02 linhas rurais.

I – Linhas Urbanas:

  • Linha 01 – São Judas / San Genaro;
  • Linha 02 – São Judas / Morumbi;
  • Linha 03 – Veneza / Alvorada;
  • Linha 04 – São Sebastião / Belvedere;
  • Linha 05 – Nascentes do Paraíso / Cidade Industrial;
  • Linha 06 – São Sebastião / São Francisco;
  • Linha 07 – Veneza /

I – Linhas Rurais:

  1. S. Do Paraíso / Guardinha;
  2. S. Do Paraíso / Marques.

A linha rural S.S.Paraíso / Marques há cerca de 1 ano não tem demanda de passageiros, e a Prefeitura optou por não abrir concorrência para ela. “Salientamos que estamos em processo de revisão do sistema e os estudos apontam para extinção desta linha”, afirma a prefeitura.

O Lote Urbano transporta 101.953 passageiros ao mês, dos quais 89.705 pagam efetivamente a tarifa. Tem uma frota de 12 ônibus, incluídos aí dois veículos reservas.

Já o Lote Rural tem 7.200 passageiros ao mês, e todos pagam a tarifa integral. A frota total é de apenas 3 ônibus, sendo 1 reserva operacional.

A empresa responsável pelo transporte local era a Viação Cidade dos Ipês, empresa do Grupo JN Empreendimentos, com sede na cidade de Leopoldina/MG. Ela operava em caráter de emergência. A empresa assumiu a concessão em 19 de dezembro de 2010, com prazo de 5 anos.

A Viação Leopoldinense assumiu os serviços de transporte em janeiro de 2020 após vencer o processo de Chamamento Público, com contrato de 180 dias, que agora está expirando.

DETALHES DA FROTA

A) Lote 01 – Urbano

A frota terá idade máxima de 12 anos.

A frota, compreendendo os veículos em atividade e reserva, será composta de:

– 12 (doze) ônibus urbanos com 02 (duas) portas com adaptação para cadeirantes.

B) Lote 02 – Rural

A frota deverá ter ônibus em boas condições de conservação, que será verificado no momento da vistoria que antecede o inicio da operação.

A frota, compreendendo os veículos em atividade e reserva, será composta de:

– 02 (dois) ônibus

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta