Alstom inicia serviço de suporte a distância no Metrô do Rio de Janeiro

Medida busca diminuir o contato social com atendimento por telefone em problemas que podem ser resolvidos sem a necessidade presencial de um técnico

WILLIAN MOREIRA

A Alstom iniciou um novo serviço de suporte ao Centro de Controle Operacional (CCO) do sistema das linhas 1, 2 e 4 do MetrôRio.

De acordo com a fabricante de trens, o serviço é inédito no país e foi nomeado como “hotline”. A ferramenta é uma linha direta entre a Alstom e o MetrôRio, em horário comercial que possibilita que problemas sejam resolvidos a distância com a orientação dos técnicos, dando maior agilidade e evitando o contato social.

“Com a inserção do novo serviço inteligente, as linhas 1, 2 e 4 agora contam com uma melhoria significativa para a equipe técnica dos trens, que terão mais rapidez para sanar dúvidas sobre operações de manutenção”, explica Luciano Barbieri, Vice-presidente de Digital Mobility (ADM) da Alstom na América Latina em nota divulgada para a imprensa.

O contrato entre a empresa e o Metrô do Rio de Janeiro tem validade por 2 anos e é a contratação de um serviço pós-garantia de uma etapa anterior ao projeto que contemplou a instalação do sistema de sinalização das linhas.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Informe Publicitário
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Deixe uma resposta