Motoristas de ônibus em São Sebastião (SP) entram em greve

Publicado em: 15 de junho de 2020

Ônibus da Ecobus. Foto: Luiz Henrique/Ônibus Brasil.

Paralisação reivindica o pagamento de salários do mês de maio que estaria em atraso

WILLIAN MOREIRA

Desde o final da madrugada desta segunda-feira, 15 de junho de 2020, uma greve do setor de transporte coletivo na cidade de São Sebastião, litoral de São Paulo, coloca menos ônibus nas ruas, como maneira de protesto da categoria, que cobra o pagamento de salário atrasado.

Os motoristas e cobradores são da empresa Ecobus, que colocaram em circulação somente 40% da frota de ônibus que atualmente está em operação, um total de 10 ônibus.

Conforme informado pela mídia local, a paralisação é por tempo indeterminado, mas pode acabar caso seja feito um acordo entre as partes e o pagamento que referente ao mês de maio que estaria vencido desde o dia 5 de junho, seja quitado.

O sindicato representante dos trabalhadores alega que funcionários do setor administrativo estão sem receber o salário integral à algum tempo e existem outros que não receberam a segunda parte de suas férias.

Em seus sites oficiais, tanto a Prefeitura de São Sebastião como a Empresa Ecobus, não se manifestaram sobre a greve.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta