São Bernardo do Campo retoma comércio na segunda (15) com 100% da frota de ônibus em operação e volta a cobrar Zona Azul na terça (16)

De acordo com a Prefeitura, 13 setores poderão atender público, em horários pré-determinados

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, informou por meio de nota que o comércio será retomado na segunda-feira, 15 de junho de 2020, com 100% da frota de ônibus operando na cidade. O objetivo é evitar aglomerações.

Além disso, a orientação aos passageiros é de que os usuários mantenham as medidas de higiene e façam o uso de máscara para o embarque, para prevenção da Covid-19. Outra medida tomada pela Prefeitura é a volta da cobrança da Zona Azul.

Desta forma, a operação do estacionamento controlado (Rotativo) do município, que estava suspensa desde o dia 20 de março, será retomada na próxima terça-feira, 16. A empresa responsável pelo serviço, a Estapar, disponibilizará máscaras, face Shields e frascos individuais com álcool em gel a todos os agentes.

HORÁRIOS PARA COMÉRCIO

De acordo com a Prefeitura, a retomada da atividade econômica, após quase três meses de quarentena, vai seguir conceitos da ciência e estratégias de saúde pública. O decreto que regulamenta o retorno das atividades de setores autorizados nesta etapa foi publicado no Jornal Notícias do Município desta sexta-feira, 12.

Nesta fase, 13 setores poderão retomar os atendimentos ao público – restritos a quatro horas diárias – dentro de horário pré-determinado. Confira:

  • concessionárias e revendedores de veículos (13h às 17h);
  • escritórios (10h às 14h);
  • serviços de informação, comunicação e publicidade (10h às 14h);
  • atividades de edição de livros, jornais e revistas (10h às 14h);
  • lojas de departamento (11h às 15h);
  • shoppings (16h às 20h);
  • comércio atacadista e varejista (11h às 15h);
  • loja de bicicletas, peças e acessórios (11h às 15h);
  • lojas de móveis em ruas (11h às 15h);
  • shoppings populares e galerias comerciais (11h às 15h);
  • imobiliárias (10h às 14h);
  • comércio ambulante (11h às 15h);
  • alfaiates, ateliês de costuras, sapateiros e congêneres (11h às 15h).
  • Igrejas: A atividade em templos religiosos e cultos de qualquer gênero também está autorizada, entre 7h e 20h. Para isso, a igrejas deverão limitar a duração de missas e cultos a no máximo 60 minutos, com intervalo mínimo de 2 horas, desde que haja total desinfecção do local entre um culto e outro.

REGRAS

De acordo com a Prefeitura, todos estes setores deverão garantir que não haja aglomeração, respeitar o distanciamento de 1,5 m entre as pessoas, aferir a temperatura dos clientes, disponibilizar álcool em gel, restringir o acesso de consumidores, entre outras medidas sanitárias.

“Os comércios que não cumprirem as normas terão suas atividades interrompidas. A fiscalização ficará à cargo da Vigilância Sanitária, com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM). Moradores poderão denunciar o descumprimento destas medidas por meio do número 153 e do aplicativo São Bernardo na Palma da Mão.”

SAÚDE

A Prefeitura informou ainda que o município vem preparando a estrutura de Saúde para garantir atendimento a todos os pacientes da Covid-19.

“Somente entre abril e maio, foram inaugurados dois hospitais exclusivos ao atendimento de pacientes diagnosticados com a Covid-19: o Novo Hospital Anchieta e o Hospital de Urgência, considerado o maior equipamento construído para atendimento da doença no País. Com isso, a cidade ampliou seu número de leitos exclusivos para 517, sendo todos em pleno funcionamento, após o envio de novos respiradores por parte do governo do Estado.”

Confira o decreto 21.182 de 11 de junho de 2020, com as regras de funcionamento do comércio, na íntegra:

NM 2151 Especial de 12.06.2020 - Conteúdo Integral-3NM 2151 Especial de 12.06.2020 - Conteúdo Integral-4NM 2151 Especial de 12.06.2020 - Conteúdo Integral-5

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Reinaldo disse:

    Não querem aglomeração e o comércio abrindo com horário restrito. Tem que abrir em horario integral, ai as pessaos tem mais tempo de ir, assim não haverá aglomeração. Parece que fazem de propósito.

Deixe uma resposta