Crivella autoriza shoppings a reabrirem a partir desta quinta-feira (11) no Rio de Janeiro

Horário de funcionamento será das 12h às 20h

JESSICA MARQUES

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, anunciou que a partir desta quinta-feira, 11 de junho de 2020, os shoppings da cidade voltam a abrir das 12h às 20h. A reabertura poderá ocorrer desde que cumprindo as regras essenciais e obrigatórias definidas pela Prefeitura.

Nesse primeiro momento, a capacidade será para um terço dos frequentadores, conforme informado pela administração municipal, em nota.

“Pela manhã, houve encontro entre o prefeito e representantes de 32 shoppings da capital. A definição ocorreu após reunião com o comitê médico-científico que assessora a Prefeitura, que decidiu por unanimidade pela reabertura, a partir de dados seguros sobre a queda na curva de contágio da Covid-19 e oferta de número de leitos maior que a demanda de pacientes”, informou a Prefeitura.

Crivella alertou que shoppings que não tiverem condições de obedecer às regras da Prefeitura já para esta quinta-feira (11/06), concordaram em, antes, se adequarem.

“Nossos dados são clínicos e precisos. Levamos em conta leitos de UTI, de enfermaria e óbitos, que têm diminuído. Hoje temos leitos livres e estamos, inclusive, ajudando outros municípios. Isso nos deu confiança em adiantar essa medida. Mas todos devem saber que, se houver piora, voltaremos atrás. O importante é proteger vidas”, afirmou o prefeito.

REGRAS

A Prefeitura listou “Regras de Ouro” para os shoppings reabrirem, entre elas estão o distanciamento de 2 metros entre as pessoas; o uso de álcool em gel e máscaras; a limpeza e manutenção do ar-condicionado; medição de temperatura; liberação de apenas um terço do estacionamento; e a entrada de animais somente se forem para lojas pets para atendimento.

As áreas de convivência permanecem sem poder funcionar. Não haverá também manobristas nem alugueis de carrinhos de bebês.

Confira as regras, na íntegra:

0b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-00b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-10b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-20b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-30b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-40b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-50b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-60b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-70b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-80b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-90b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-100b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-110b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-120b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-130b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-140b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-150b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-160b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-170b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-180b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-190b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-200b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-210b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-220b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-230b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-240b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-250b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-260b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-270b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-280b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-290b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-300b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-310b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-320b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-330b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-340b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-350b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-360b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-370b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-380b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-390b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-400b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-410b5d2081e125ea89299ddce4d0625f9e-42

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta