Espírito Santo do Pinhal indefere pedido de impugnação da Viação Guaxupé e mantém licitação do transporte para 16 de junho

Ônibus da Viação Guaxupé (TUGA), atual operadora do transporte na cidade. Foto: Welinton Cardoso

Empresa responde pelos serviços de transporte, após concessão terminar oficialmente em junho de 2016 após 20 anos de contrato

ALEXANDRE PELEGI

Espírito Santo do Pinhal, cidade do interior paulista com 45 mil habitantes, está em processo de licitação do transporte coletivo municipal.

A Comissão Permanente de Licitações, conforme publicado no Diário Oficial do Estado nesta terça-feira, 09 de junho de 2020, informa que negou o pedido de impugnação formulado pela licitante Viação Guaxupé Ltda. A empresa atende o município atualmente em caráter emergencial.

Desta forma, fica mantida a data do certame, marcada para as 09h10 do dia 16 de junho próximo. A data anterior era 25 de março deste ano, que acabou postergada pela prefeitura.

A Concorrência tem por objeto a delegação, mediante concessão do Serviço Público de Transporte Coletivo Regular de Passageiros do Município.

A Concessão compreende a execução dos serviços de transporte coletivo regular de passageiros; implantação de bilhetagem eletrônica, com uso de tecnologias embarcadas; a implantação, administração e operação do sistema eletrônico de cadastramento de usuários do sistema; a implantação, manutenção e operação dos sistemas de monitoramento da operação; a implantação de Wi-Fi gratuito no interior dos ônibus; e a implantação de aplicativos para facilitar a utilização do transporte, bem como ao acesso de informação sobre todo o sistema.


Pinhal


O Edital segue disponível, através do site http://www.pinhal.sp.gov.br.

Informações pelo telefone (19) 3651-9699 ou e-mail compras@pinhal.sp.gov.br.

O transporte coletivo é atualmente responsabilidade da empresa TUGA (Viação Guaxupé Ltda), cuja concessão terminou oficialmente em junho de 2016 após 20 anos de contrato.

Desde então, os serviços vêm sendo prestados em caráter emergencial.

O último reajuste tarifário foi concedido em 10 de setembro de 2019, elevando em 12,9% o valor da passagem, que saltou de R$ 3,10 para R$ 3,50.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Informe Publicitário
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta