Após decisão da Justiça, Prefeitura de Diadema suspende reabertura de escritórios e concessionárias

Revendedoras de veículos também voltam a ficar proibidas de atender ao público

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Diadema, no ABC Paulista, informou ao Diário do Transporte que vai acatar a decisão da Justiça e suspender a reabertura de concessionárias e escritórios. Além disso, as revendedoras de veículos da cidade também voltam a ficar proibidas de atender ao público.

Assim como em São Bernardo do Campo, também no ABC Paulista, a decisão foi tomada pela juíza Tatiana Magoso, após pedidos do Ministério Público. O órgão defende que ambas as cidades contrariam uma decisão do Governo do Estado e estão em fase laranja do processo de retomada das atividades, por conta da pandemia de Covid-19.

Relembre: Reabertura de escritórios e concessionárias em São Bernardo do Campo e Diadema (SP) é barrada pela justiça

Em assembleia extraordinária realizada na última sexta-feira, 05 de junho de 2020, pelo Consórcio Intermunicipal ABC, os sete prefeitos da região decidiram reabrir as concessionárias de veículos e escritórios a exemplo do que ocorreu na capital paulista.

Entretanto, pelo plano de flexibilização da quarentena do Governador João Doria, enquanto a capital está na fase laranja, que permite a retomada com restrições dessas atividades, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra estão ainda na fase vermelha, que só possibilita os serviços essenciais, como hospitais, supermercados e farmácias.

Relembre: Prefeitos do ABC decidem abrir escritórios e concessionárias antes mesmo de aval de Doria

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta