Ônibus de Campina Grande voltam a circular com 30% da frota

Publicado em: 4 de junho de 2020

Decisão veio após reunião entre sindicato que representa a categoria, STTP e Sitrans que chegam a um acordo para a retomada do serviço

WILLIAN MOREIRA

Depois de reunião entre representantes dos funcionários das empresas de ônibus de Campina Grande (PB), Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP) e Sitrans, ficou definido o retorno de 30% da frota de ônibus da cidade que atenderá a todos, mas em especial os funcionários de serviços essenciais.

A reunião online que ocorreu no final da tarde e contou com a participação do Prefeito Romero Rodrigues, discutiu a paralisação do serviço de transporte coletivo no município.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2020/06/04/campina-grande-pb-amanhece-sem-onibus/

O presidente do conselho e superintendente da STTP, Félix Neto durante a reunião, explicou sobre o momento atual pelo país e que se preocupa com a situação do transporte público, onde no caso da cidade de Campina Grande, teve uma queda de 78% dos passageiros, saindo de uma média de 100 mil pessoas transportadas antes da pandemia, para os atuais 22 mil/diários.

O prefeito fez um pedido para que 30% da frota volte a circular e ouviu também Alberto Nascimento, que representava a Sitrans, sobre a crise causada pelo coronavírus que tem afetado de forma seria a saúde financeira das empresas de ônibus e ressaltou que o poder municipal deve dar condições para o funcionamento do sistema, sugerindo que seja adiantado receitas ou repasses financeiros.

Ficou definido que um conselho será formado com representantes da STTP e das empresas de ônibus que nos próximos dez dias devem discutir com a Secretaria de Finanças, a possibilidade da Prefeitura antecipar receitas através de compra de vale transporte para ajudar estas empresas.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta