Grupo Guanabara diz que reforçou protocolos de higiene para operação das linhas

Álcool em gel à disposição dos passageiros na entrada dos ônibus, medição de temperatura dos motoristas e desinfecção dos veículos antes de cada viagem estão entre a medidas anunciadas pelas companhias

ADAMO BAZANI/ALEXANDRE PELEGI

O Grupo Guanabara, que opera linhas de ônibus rodoviários, anunciou que reforçou os protocolos de higiene e segurança sanitária para a operação dos serviços, em especial, na retomada gradual das atividades econômicas que estão sendo anunciadas por alguns governadores.

Entre as medidas está a disponibilização de álcool em gel para os passageiros em suportes logo na entrada dos veículos.

Além disso, o grupo diz que tem usado um produto homologado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) na desinfecção dos ônibus, que pode eliminar 99,7% dos vírus, fungos e bactérias. A ação de sanitização é feita antes de cada partida dos ônibus.

Outra ação é a medição da temperatura dos funcionários no início de cada turno. O uso obrigatório de máscaras, tanto para os passageiros, como para os funcionários, é outro ponto do protocolo observado com rigor pelo Grupo de empresas.

Além disso, o sistema de climatização renova o ar a cada minuto durante todo o trajeto.

O grupo reúne as empresas Real Expresso, Sampaio, Util, Rápido Federal e Guanabara.

Os investimentos em canais digitais de vendas de passagens também foram destacados pelas companhias, algo que será definidor no mercado após a pandemia.

Afinal, as empresas que estiverem o mais próximo de seus clientes potenciais através das redes sociais, terão condições de sair na frente na retomada que todos definem como o “novo normal”, termo que vem sendo a cada dia mais usado para descrever o futuro próximo.

Adamo Bazani e Alexandre Pelegi, jornalistas especializados em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Vaneska disse:

    Entretanto, na questão de quantidade máxima de passageiros permitida deixa a desejar. Lotação!

Deixe uma resposta