Prefeitura do Rio de Janeiro suspende cadastro de idosos para gratuidade nos transportes

Publicado em: 2 de junho de 2020

O prefeito Eduardo Paes e o secretário municipal de Transportes, Alexandre Sansão, assinam o contrato com os quatro consórcios vencedores da licitação para operar os ônibus municipais nos próximos 20 anos.Foto Beth Santos

Outra medida anunciada foi a prorrogação por tempo indeterminado do prazo para recurso de cancelamento de multas

JESSICA MARQUES

A Prefeitura do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria Municipal de Transportes, suspendeu a partir desta terça-feira, 02 de junho de 2020, o cadastro de idosos para a solicitação do benefício que garante a gratuidade em transportes públicos.

A medida, publicada no Diário Oficial desta terça-feira, 02, é válida enquanto o município estiver em estado de calamidade pública por conta da pandemia de Covid-19, conforme informado por meio de nota.

“Com essa medida, a prefeitura quer proteger os idosos da contaminação pelo coronavírus, ao evitar que o grupo de risco fique exposto na ruas e em ambientes fechados”, informou a Prefeitura, em nota.

MULTAS

Além disso, a Secretaria Municipal de Transportes também prorrogou, por tempo indeterminado, o prazo dos recursos para cancelamento de multas de trânsito. A medida também foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira.

“Com a suspensão de atendimento presencial nos postos de atendimento, a fim de evitar aglomerações, é possível fazer solicitações referentes a multas de trânsito, como Defesa Prévia e Real Infrator pelo Carioca Digital, porta de serviços da Prefeitura do Rio. Para recursos de multas, é necessário que seja feito pelos Correios, para a unidade de Botafogo: Rua Dona Mariana, 48. CEP: 22280-020 – Rio de Janeiro –RJ”, detalhou a Prefeitura, em nota.

“Os postos do Leblon, Engenho Novo, Ilha do Governador, Riachuelo, Irajá, Praça Seca, Bangu, Campo Grande e Botafogo, assim como os todos os pontos onde há setor de Protocolo da SMTR permanecerão fechados enquanto a cidade do Rio estiver em estado de calamidade pública.”

OUTRAS MEDIDAS

Por conta da pandemia de Covid-19, a Prefeitura também definiu outras medidas nos últimos meses. Confira:

Gratuidade idosos

A secretaria instituiu a limitação da gratuidade para idosos nos ônibus municipais, para que só usem se precisarem se deslocar para obter atendimento médico. As viagens, que antes eram livres, passaram a ter o limite de quatro por dia.

Mudança na operação do BRT

A secretaria suspendeu seis serviços do sistema BRT e criou outros quatro, em caráter temporário, a fim de dar maior agilidade no embarque e minimizar a aglomeração de passageiros nas plataformas dos terminais e estações de BRT.

A mudança proporciona o aumento da oferta de veículos para a população e a redução dos intervalos nos corredores onde há maior procura pelo transporte.
Higienização e uso de máscaras

Equipes da secretaria também verificam se as empresas estão cumprindo a determinação de realizar a desinfecção dos coletivos, diariamente, antes do início da operação, e o uso de máscaras pelos motoristas e por funcionários das garagens.

Passe livre estudantil 

As gratuidades nos transportes públicos para os estudantes que possuem o Passe Livre Universitário e para os alunos matriculados no ensino fundamental e médio de escolas municipais estão suspensos, conforme as restrições de funcionamento das instituições de ensino.

Jessica Marques para o Diário do Transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta