ABC Paulista registra 45% de isolamento social nesta quarta-feira; região não terá relaxamento da quarentena

Santo André apresentou melhor percentual, chegando a 47%. Foto: Adamo Bazani.

Mauá foi cidade com taxa mais baixa, chegando a 43%

JESSICA MARQUES

O ABC Paulista registrou 45% de isolamento social nesta quarta-feira, 27 de maio de 2020. O índice foi divulgado pelo Governo do Estado, por meio do SIMI-SP (Sistema de Monitoramento Inteligente), nesta quinta, 28.

Conforme noticiado pelo Diário do Transporte, o dado é abaixo da taxa registrada por todo o estado, que chegou a 48%, considerando todos os municípios. Por sua vez, a capital paulista teve taxa de 49%.

Relembre: Estado de São Paulo registra isolamento social de 48% nesta quarta-feira

QUARENTENA

Na região, o Governo do Estado de São Paulo não permitiu o relaxamento da quarentena até 15 de junho. Contudo, a capital paulista vai retomar parcialmente algumas atividades a partir do dia 1º.

O critério para a decisão foi um conjunto de fatores, como  capacidade das UTIs e avanço ou redução dos casos e mortes em períodos consecutivos de 14 dias.

Relembre: Prefeitos do ABC se dizem “indignados” com o fato de a região não poder relaxar quarentena como a capital

MAUÁ TEM TAXA MAIS BAIXA

No ABC, Mauá foi a cidade com taxa mais baixa, chegando a 43%, também segundo dados divulgados pelo Estado. Por sua vez, Santo André apresentou o maior índice de isolamento social, chegando a 47%.

Além disso, na última quarta-feira, 20 de maio de 2020, a taxa de isolamento do ABC Paulista foi ligeiramente maior, atingindo 46%.

Confira os dados de todas as cidades, na íntegra:

Cidade 27.05 20.05
Santo André 47% 48%
São Bernardo do Campo 46% 47%
São Caetano do Sul 46% 46%
Diadema 44% 44%
Mauá 43% 44%
Ribeirão Pires 46% 47%
ABC Paulista 45% 46%

O ABC Paulista possui sete cidades. Contudo, Rio Grande da Serra não entra no monitoramento dos celulares pelo Governo do Estado de São Paulo, em parceria com as operadoras de telefonia móvel, por ter população inferior a 70 mil habitantes.

DADOS DE ISOLAMENTO

O Governo do Estado de São Paulo utiliza informações fornecidas pelas companhias que operam a telefonia móvel para chegar ao índice de isolamento social.

“A central de inteligência analisa os dados de telefonia móvel para indicar tendências de deslocamento e apontar a eficácia das medidas de isolamento social. Com isso, é possível apontar em quais regiões a adesão à quarentena é maior e em quais as campanhas de conscientização precisam ser intensificadas, inclusive com apoio das prefeituras”, informou o governo do estado, em nota.

Atualmente, há acesso a dados referentes a 104 cidades maiores de 70 mil habitantes. “O SIMI-SP é viabilizado por meio de acordo com as operadoras de telefonia Vivo, Claro, Oi e TIM para que o Governo de São Paulo possa consultar informações agregadas sobre deslocamento no Estado. As informações são aglutinadas e anonimizadas sem desrespeitar a privacidade de cada usuário. Os dados de georreferenciamento servem para aprimorar as medidas de isolamento social para enfrentamento ao coronavírus.”

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta