Gratuidade em ônibus de Votuporanga volta a ser para idosos a partir de 65 anos

Publicado em: 23 de maio de 2020

Expresso Itamarati, concessionária do transporte público local. Foto: Márcio Spósito

Alteração vem após decisão judicial que mudou a idade mínima para obtenção do benefício

WILLIAN MOREIRA

A partir de segunda-feira, 25 de maio de 2020, o transporte coletivo na cidade de Votuporanga, interior de São Paulo, terá uma alteração na gratuidade para idosos.

Uma decisão judicial determinou que a partir desse dia, apenas idosos com mais de 65 anos tenham o embarque gratuito nos coletivos, alterando uma emenda municipal que desde 2011 estipulava 60 anos como idade mínima.

Em nota divulgada à imprensa na semana passada, o Prefeito João Dado mencionou que a cidade tem condições de determinar e monitorar o grupo de risco do coronavirus, mostrando descontentamento com a decisão judicial.

Entendemos que vivemos uma realidade diferente em Votuporanga se comparado com cidades como São Paulo e municípios da Grande São Paulo. Além de termos números que nos respaldam e nos dão segurança técnica, também temos um projeto que nenhuma outra cidade do País possui para acompanhar e monitorar o grupo de risco formado por pessoas idosas

Mesmo com a Prefeitura recorrendo da decisão, os ônibus da Itamarati na cidade já estão circulando com comunicados informando da mudança na idade mínima para 65 anos.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. João Luis Garcia disse:

    Se existe uma Lei Federal que afirma sobre a gratuidade que deve ser concedida após os 65 anos, porque os Prefeitos e vereadores insistem em conceder a gratuidade aos 60 anos.
    Fazer bonito com o chapéu dos outros realmente é muito fácil.

Deixe uma resposta