Após subsídio da prefeitura, greve de ônibus termina em Jacareí (SP)

Publicado em: 22 de maio de 2020

Empresa alega dificuldades financeiras por causa de pandemia

Poder público liberou repasses para adiantamento de salários de trabalhadores

ADAMO BAZANI

A greve de motoristas e demais funcionários da JTU – Jacareí Transporte Urbano chegou ao fim na tarde desta sexta-feira, 22 de maio de 2020, após a prefeitura de Jacareí, no interior de São Paulo, ter liberado verbas para subsidiar os custos dos serviços.

O valor foi de R$ 270 mil, usado para pagar o adiantamento dos salários, que era previsto para ser pago no dia 20, conforme convenção trabalhista.

A empresa de ônibus alega ter sido prejudicada pela queda de demanda devido à crise ocasionada pelo avanço da Covid-19.

A paralisação dos funcionários começou na quinta-feira, 21, por volta das 08h.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Olha o golpe disse:

    Eu também fui prejudicado pela pandemia , tive o pedido negado pela Caixa e nem uma resposta plausível eu tive . E no entanto , a prefeitura não veio me auxiliar financeiramente.
    Pra mim , essa greve teve politicagem pra poder liberar verba . Se todos estão de quarentena , então que os ônibus fiquem de greve. Ajuda no distanciamento social .
    A empresa JTU tentou “dar um golpe ” no meio da pandemia , tentando ganhar um aumento nas tarifas , tentou , não conseguiu !! Mas agora ganhou de nosso amado prefeito uma “ajudinha” de $270.000,00 ( segundo a reportagem) !!

  2. Ricardo Gutierrez de Souza disse:

    Como somos otarios perante esta Viaçã Jacarei. Tudo armado p conseguir grana do povo..somo otarios demais com esta empresa lixo

  3. Alessandra disse:

    Eu sou usuária de transporte publico pra tudo e me senti muito prejudicada porque fiquei sabendo de qualquer maneira no meio do dia dessa paralização. Esse sindicato deveria avisar previamente a sociedade sobre esse evento até pros usuários se precaverem na hora da volta pra casa.

  4. Severino Donizetti Rodrigues disse:

    Eles sempre se dando bem,tamos cansados de serem tratados como pessoas que não conseguem enchergar o óbvio. Eles não tem concorrência na cidade fazem o que oque bem entendem e basta uma crise pra eles correrem pro cofres públicos. Ninguém merece!!

  5. Eliane Balerá disse:

    E uma vergonha o transporte público em Jacareí ,sou de jacaré mas moro em sp uma cidade pequena que as vezes vc prefere andar a pé , pois o percurso vc precisa de dois ônibus fora dizer que o percurso e pequeno caro e não tem o bilhete único , e esse problema vem de muitos anos e nada foi feito para melhorar ,jtu prefeitura ,quem paga por isso e a população

  6. Cris disse:

    Que absurdo. Ela e a única empresa de ônibus da cidade. eterna. onde esta a câmara para coibir este subsídio. Empresa deve honrar seus compromissos com os seus empregados e com o contrato da prefeitura e não o contrário. Em Jacareí e sempre a prefeitura que arca com os problemas econômicos desta empresa . Vamos urgente rever o contrato. Data de validade do mesmo e exigir mais empresas de ônibus na cidade. Vereadores seja m mais ativos, não sejam comprados .

  7. ANTONIO disse:

    MAS ADMINITRAÇÃO QUE NÃO SE IMPORTA COM OS USUARIO ALEM DE REPASSAR O DINHEIRO RETIROU VARIAS LINHAS E HORARIO EM AVISO PREJUDICANDO OS PASSAGEIROS

  8. Cesar disse:

    Amigos, não se trata de “ajudinha” da Prefeitura. Aquela auditoria contratada pela municipalidade identificou que as gratuidades exigidas pelo prefeito e seus vereadores não tinha fundamento técnico nem cálculo de viabilidade econômica, e que por isso a tarifa deveria ser muito maior que a praticada atualmente. Sou totalmente contra o aumento da tarifa, mas quem provocou esta necessidade foi a Prefeitura, que incluiu um monte de isenção tarifária sem dar nenhuma compensação a empresa. É como se exigissem que eu devo começar a “dar de graça” veículos da minha loja de carros a determinado grupo de pessoas, mas não tivesse nenhuma contrapartida. A conta não fecha. O prefeito e seus vereadores estão cavando a própria cova.

Deixe uma resposta