Franca (SP) testa higienização ultravioleta após experiência feita no Metrô de São Paulo

Publicado em: 21 de maio de 2020

Procedimento também foi realizado em uma ambulância. Foto: Divulgação.

Primeira aplicação foi feita em uma unidade de saúde e ônibus da empresa São José

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Franca, no interior de São Paulo, decidiu testar a higienização ultravioleta para combater o novo coronavírus na cidade. A técnica foi aplicada em uma unidade de saúde e nos veículos da empresa de ônibus São José.

O teste foi feito após uma experiência realizada nos trens do Metrô de São Paulo. Na ocasião, a iniciativa foi da Secretaria de Transportes Metropolitanos.

Relembre: Coronavírus: Secretaria dos Transportes Metropolitanos de São Paulo testa tecnologia para sanitizar trens

Em Franca, foi realizada nesta quarta-feira, 20 de maio de 2020, uma demonstração piloto de higienização e esterilização com radiação Ultravioleta nas dependências do Pronto Socorro de Referência ‘Dr. Álvaro Azzuz’, em um ônibus da empresa São José, em uma ambulância e também no setor de dispensação de medicamentos no NGA-16.

“Esse trabalho havia sido previamente preparado para a manhã e por volta das 10h teve início, pela recepção e demais dependências do Pronto Socorro. Um equipamento móvel dotado de lâmpadas ultravioleta passou a ser deslocado nos locais indicados pelas equipes, realizando a higienização de maneira ágil e prática, sem deixar nenhum tipo de resíduo”, detalhou a Prefeitura, em nota.

De acordo com o coordenador de Saúde, Luiz Carlos Vergara, dependendo das avaliações a intenção é adquirir os serviços e passa a fazer essa higienização com certa periodicidade.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta