Acordo no TRT põe fim a protesto dos rodoviários da Grande Vitória (ES)

Publicado em: 20 de maio de 2020

Audiência, feita de modo virtual, foi conduzida pela presidente do TRT-ES, desembargadora Ana Paula Tauceda Branco. Foto: Reprodução.

Nenhum cobrador será demitido após prazo de 60 dias, previsto pela MP 936

JESSICA MARQUES

Um acordo feito no TRT-ES (Tribunal Regional do Trabalho do Espírito Santo) pôs fim aos protestos dos rodoviários na Grande Vitória. Desta forma, nesta quarta-feira, 20 de maio de 2020, a operação ocorre normalmente.

Entre os pontos do acordo está que nenhum cobrador será demitido após o prazo previsto pela MP 936 que é de 60 dias. A decisão foi tomada porque prevaleceu um acordo firmado em agosto de 2019 garantindo estabilidade provisória mais ampla a todos os cobradores.

A audiência de conciliação no TRT-ES foi feita entre o Sindicato das Empresas de Transporte Metropolitano da Grande Vitoria GV-bus e o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários.

A audiência, feita de modo virtual, foi conduzida pela presidente do TRT-ES, desembargadora Ana Paula Tauceda Branco, na noite desta terça-feira, 19.

Desde o fim de semana, trabalhadores dos transportes da Grande Vitória (ES) realizavam protestos contra a retirada de cobradores do sistema Transcol.

Relembre: Trabalhadores dos transportes da Grande Vitória fazem protesto contra retirada de cobradores do Transcol

Entretanto, conforme noticiado pelo Diário do Transporte, a Justiça do Trabalho impediu a realização de greve.

Relembre:Justiça proíbe greve no Transcol e ônibus circulam na Grande Vitória (ES) neste domingo

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta