Covid-19: CPTM entregará 20 mil máscaras para entidades de São Miguel Paulista e Lapa de Baixo

Publicado em: 19 de maio de 2020
CPTM

Máscaras serão distribuídas a partir das 8h desta terça, 19. Foto: Diego Silva

Equipamentos de proteção facial serão entregues nesta terça, 19, pelo presidente e diretor de Operação da CPTM

ALEXANDRE PELEGI

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos vai realizar uma entrega de máscaras de proteção facial nesta terça-feira, 19 de maio de 2020.

Serão 20 mil unidades, que serão distribuídas para duas associações nas zonas leste e oeste da cidade de São Paulo.

O objetivo, segundo a Companhia, é ajudar na prevenção e controle da pandemia de Covid-19.

As máscaras, doadas por grupos de empresários, serão entregues pelo presidente da companhia, Pedro Moro, e pelo Diretor de Operação, Luiz Argenton.

As entregas começam a partir das 8h desta manhã na Estação São Miguel Paulista, na Linha 12-Safira da CPTM.

Nesse horário, 10 mil máscaras serão doadas para a Aqualiprof – Associação para Qualificação Profissional e Social dos Moradores do Jardim Pedro Nunes. A instituição sem fins lucrativos está sediada em São Miguel Paulista, e tem como objetivo promover a educação de crianças e adolescentes da região.

A CPTM lembra que em 2019 levou crianças da comunidade para visitar o Centro de Controle de Operações (CCO), localizado na Estação Brás.

Mais tarde, às 12h30, outras 10 mil máscaras serão entregues na sede da Associação Educar para Vida (Rua Felix Guilhem, 227 – Lapa de Baixo).

A associação promove parcerias com várias faculdades, conseguindo descontos para seus associados e oferece cursos profissionalizantes em áreas como Beleza, Construção Civil e Cuidador de Idosos, profissionalizando cerca de 5 mil pessoas.

A Educar para a Vida atende as comunidades da Zona Norte de São Paulo, onde estão os maiores índices de contaminação por Covid-19 no município.

As máscaras serão distribuídas para pessoas carentes da região que precisam sair para trabalhar e não possuem disponibilidade para aquisição de máscaras para uso diário, prestando assim um trabalho social para quem mais necessita.

“A entrega das máscaras para estas associações beneficiará uma grande quantidade de pessoas que não tem acesso a algo tão importante no momento difícil que estamos vivendo agora, sendo ou não passageiros da CPTM”, afirma Pedro Moro.

O presidente da CPTM lembra ainda que todas as estações da CPTM possuem máscaras disponíveis para os passageiros que não dispõem de uma.

O uso de máscaras passou a ser obrigatório em todo o transporte público do estado de São Paulo, o que inclui os trens da CPTM, desde o último dia 4 de maio.

A partir de 7 de maio, o uso do equipamento de proteção tornou-se obrigatório em todas as áreas públicas paulistas, conforme Decreto Estadual.

“Mesmo com a nossa colaboração para dar mais acesso às máscaras pela população, a nossa principal recomendação continua a mesma: se possível, fiquem em casa”, completa o presidente da CPTM.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta