Viação Nordeste suspende viagens para a Paraíba após Governador prorrogar decreto de isolamento

Publicado em: 18 de maio de 2020

Retorno das viagens estava previsto para ocorrer nesta sexta-feira, 22 de maio de 2020, e isolamento no estado segue agora até 31 de maio

ALEXANDRE PELEGI

A Viação Nordeste Transportes comunicou em suas redes sociais que suspendeu a retomada das viagens com destino a Campina Grande e João Pessoa, na Paraíba.

Segundo a empresa, a medida atende ao disposto pelo Decreto 40.242 do governo do Estado, que suspendeu o transporte interestadual no território paraibano.

O retorno das viagens estava previsto para ocorrer nesta sexta-feira, 22 de maio de 2020.

Outras empresas que atendem o território paraibano também estão afetadas, como Auto Viação Progresso, Gontijo e Expresso Guanabara (que adquiriu todas as linhas da Nossa Senhora da Penha no Nordeste).


nordeste_susta


O Decreto 40.242 foi assinado pelo governador João Azevêdo neste sábado, 16, prorrogando o isolamento social até o dia 31 de maio e ampliando as medidas restritivas, que agora passam a vigorar em todos municípios paraibanos, independente do registro de casos confirmados da Covid-19.

O objetivo é conter o avanço do coronavírus no Estado, tendo em vista o aumento diário de casos diagnosticados, principalmente durante a semana passada.

O decreto determinou a interrupção do transporte intermunicipal em todo território paraibano.

Assim, todos os terminais rodoviários pertencentes ao estado ficarão fechados até o dia 31 de maio, período em que também deverá ser paralisada a travessia Costinha/Cabedelo/Costinha por meio da balsa.

O decreto prevê ainda a instalação de barreiras sanitárias nas rodovias PB-008 e PB-018 (Conde), PB-025 (Lucena), PB-034 (Alhandra/Caaporã), PB-044 (Caaporã/Pitimbu) e no terminal hidroviário de Cabedelo. O acesso a esses municípios ficará restrito aos moradores e às pessoas que trabalhem nas atividades consideradas essenciais, ou para tratamento de saúde, devidamente comprovados.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta