Serviços de manutenção alteram a operação dos trens no Rio de Janeiro neste final de semana

Publicado em: 15 de maio de 2020

Foto: Divulgação SuperVia

Ramais de Belford Roxo, Deodoro, Santa Cruz e Japeri, são os afetados

WILLIAN MOREIRA

A SuperVia, concessionária responsável pela operação dos trens urbanos no Estado do Rio de Janeiro, divulgou a programação para este final de semana, dias 16 e 17 de maio de 2020, a programação da operação das linhas que vão receber intervenções de manutenção, gerando trechos com maiores intervalos entre as composições.

No sábado (16), o Ramal de Belford Roxo recebe manutenção no sistema de rede aérea das 9h30 até às 18h entre as estações Mercadão de Madureira e Barros Filho.

No mesmo dia nos ramais de Deodoro, Santa Cruz e Japeri entre às 10h até às 19h, a manutenção será na rede aérea entre as estações Madureira e Olímpica de Engenho Dentro. Por este motivo os trens para a Central do Brasil, não vão parar na estação Piedade.

O ramal de Japeri também passará por manutenção das 10h às 19h entre as estações Queimados e Engenheiro Pedreira e das 20h até o final da operação comercial de sábado, manutenção na via entre Nova Iguaçu e Presidente Juscelino.

No domingo (17), o Ramal de Santa Cruz passa por manutenção das 8h às 18h entre as estações Deodoro e Realengo.

Nos ramais de Deodoro, Santa Cruz e Japeri, a manutenção no sistema de energia prosseguem entre Madureira e Deodoro. Por essa razão os trens com destino a Japeri e Santa Cruz não vão obedecer parada na estação Oswaldo Cruz.

Em outro trecho do Ramal Japeri a manutenção ocorre entre as estações Queimados e Comendador Soares (das 10h às 19h) e das 19h até o final da operação comercial de domingo, manutenção entre Nova Iguaçu e Presidente Juscelino continua.

Por fim, no Ramal de Belford Roxo recebe manutenção na via e no sistema de energia (rede aérea) entre as estações Madureira e Agostinho Porto, alterando a circulação das 9h às 18h.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta