Primeiros protetores faciais produzidos na VWCO são doados para hospital do Rio de Janeiro

Ao todo, 150 unidades já foram entregues nesta semana

JESSICA MARQUES

Os primeiros 150 protetores faciais produzidos na fábrica da Volkswagen Caminhões e Ônibus já foram doados à prefeitura de Resende, no Rio de Janeiro, cidade onde a montadora está localizada.

De acordo com a fabricante, os equipamentos de proteção individual serão direcionados para o Hospital Municipal de Emergência Henrique Sérgio Gregori, principal instituição de saúde pública da cidade, que vem atendendo os casos de Covid-19.

Este primeiro lote faz parte de um total de dois mil escudos faciais, que serão doados até junho às cidades da região Sul Fluminense.

Relembre: Volkswagen Caminhões e Ônibus vai doar 2 mil protetores faciais feitos na própria fábrica

Ainda de acordo com a Volkswagen Caminhões e Ônibus, o prefeito Diogo Balieiro recebeu pessoalmente a doação, entregue por colaboradores da empresa.

“Para agilizar sua produção desses equipamentos, a Volkswagen Caminhões e Ônibus adotou desde a impressão 3D à tecnologia de fundição a vácuo para conseguir aumentar a escala de fabricação, que pode chegar a 60 unidades por dia”, informou a fabricante, em nota.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta