Metrô do Rio terá tarifa congelada até 31 de maio

Publicado em: 15 de maio de 2020

Foto: Linha 4 do Metrô – Estação Jardim Oceânico (Agetransp)

Valor atual de R$ 4,60 já poderia ser reajustado para R$ 5 desde 02 de abril, conforme deliberação da Agetransp

ALEXANDRE PELEGI

O Governo do Estado comunicou na tarde desta sexta-feira, 15 de maio de 2020, que decidiu manter o valor atual da tarifa do MetrôRio em R$ 4,60 até o dia 31 de maio.

Segundo a Administração Estadual isso ocorre em função dos impactos sociais provocados pela pandemia da Covid-19.

A nova tarifa, de R$ 5, foi homologada pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários e Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro (Agetransp) em sessão regulatória no dia 28 de fevereiro.

Pela deliberação, a concessionária ficou autorizada a passar a tarifa dos atuais R$ 4,60 para R$ 5,00, a partir do dia 02 de abril, o que até agora não ocorreu.

Na véspera da data do aumento, o estado e a concessionária divulgaram nota afirmando que, “entendendo os problemas sociais decorrentes da pandemia, decidiram, em conjunto, manter a atual tarifa de R$ 4,60 durante o mês de abril”.

O reajuste da tarifa foi calculado pela inflação acumulada no período – entre janeiro de 2019 e janeiro de 2020 -, levando em consideração a variação do IGP-M – índice federal e calculado pela Fundação Getúlio Vargas).

A variação do índice de reajuste foi de 7,808% entre janeiro de 2019 e janeiro de 2020.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta