Barra do Piraí (RJ) remarca licitação do transporte para 27 de maio

Publicado em: 13 de maio de 2020

Viação Santo Antônio responde pelo atendimento das linhas municipais. Foto: José Augusto de Souza Oliveira

Concorrência estava agendada inicialmente para 12 de maio. Concorrência em dois lotes engloba o sistema de transporte urbano, rural e distrital do município

ALEXANDRE PELEGI

A Prefeitura de Barra do Piraí, cidade do sul do estado do Rio de Janeiro, com cerca de 100 mil habitantes, publicou no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 13 de maio de 2020, que adiou a Concorrência Pública referente a concessão do transporte coletivo que seria realizada ontem, 12, “por questões administrativas”.

O certame será realizado no dia 27 de maio às 10:00 h, em dois lotes distintos, e o prazo da concessão do serviço será de 20 anos, podendo ser prorrogado.

A modalidade da concorrência será do tipo menor valor da tarifa do serviço a ser prestado, e o edital continua disponível no site da prefeitura (www.barradopirai.rj.gov.br).


barra_p


De acordo com a prefeitura, em Decreto de 03 de março deste ano que dispõe sobre a contratação do transporte, em Barra do Pirai, com um sistema viário antigo, irregular e descontínuo, o problema da mobilidade já está assumindo proporções regionais, “com sérios prejuízos à economia e principalmente aos usuários do transporte coletivo”.

Ainda segundo o Decreto, “o atual sistema de transporte coletivo de passageiros deve ser reformulado, para que haja a modernização da frota de veículos por meio da qual ele é executado e o implemento de novas tecnologias, visando a prestação de serviço adequado ao pleno atendimento dos usuários e ao atendimento satisfatório das atuais condições relativas à distribuição geográfica, aos deslocamentos e à quantidade da população que necessita do serviço público de serviços essenciais”.

A prefeitura afirma ter realizado diversas reuniões comunitárias sobre o tema, que reivindicaram “o aprimoramento e a reestruturação dos serviços municipais de transporte coletivo de passageiros, executado por intermédio de veículos tipo ônibus (Básico, Midi, Mini, Micro) e vans ou qualquer outro modo que venha a ser implantado durante a vigência do contrato em virtude de melhorar o atendimento às necessidades dos usuários”.

Reportagem do portal da Rádio Barra do Piraí (RBP), destaca que o transporte público barrense é hoje “um dos maiores motivos de reclamações por parte da população de Barra do Piraí”. Segundo a matéria, e apesar de ter congelado o preço da passagem dentro do município, incluindo os distritos, por quatro anos consecutivos, mantendo o valor de R$ 3,60, a qualidade do serviço é constantemente criticada, “com registros de veículos velhos, sem condições de uso e constantes atrasos”.

A Prefeitura implementou a Tarifa Única no transporte público em outubro de 2017.

Em maio de 2018, o prefeito Mário Esteves (PRB) renovou a concessão por mais 15 anos da concessão do Grupo Santo Antônio, composto por quatro empresas que exploram o transporte na cidade – Viação Santo Antônio, S. Luzia, J. C. Guimarães, S. Edwiges; além da Viação Aparecida e Viação Gran Eufrásia.

No caso das linhas municipais, atrasos e falta de manutenção da frota são as principais queixas dos passageiros.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta