Bahia já tem 139 municípios com restrição ao transporte intermunicipal

Publicado em: 13 de maio de 2020

Ônibus da Rainha Nordeste, em Luís Eduardo Magalhães (BA). Foto: João Victor

Nesta terça e quarta-feira, novos decretos inseriram mais 32 cidades na lista de proibição, e retiraram 10  

ALEXANDRE PELEGI

Decreto do Governo Estadual da Bahia, publicado no Diário Oficial desta quarta-feira, 13 de maio de 2020, incluiu mais 13 cidades na lista dos locais com o transporte intermunicipal suspenso.

A medida passa a valer a partir de amanhã, 14, e tem validade até 18 de maio.

A restrição proíbe a circulação, saída e chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans.

Os 13 municípios incluídos no decreto desta quarta-feira são: Cairu, Catu, Encruzilhada, Entre Rios, Itamaraju, Jabaquara, Lafaiete Coutinho, Ouriçangas, Prado, Quixabeira, Rodelas, Santa Luz e Senhor do Bonfim.

O decreto liberou os municípios de Aracatu e Seabra por não apresentarem novos casos do coronavírus nos últimos 14 dias.

Nesta terça-feira, 12, o Governo da Bahia já havia acrescido outras 19 cidades à lista de proibição: Amargosa, Anguera, Barrocas, Cachoeira, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Dom Basílio, Irará, Irecê, Itapicuru, Itapitanga, Luís Eduardo Magalhães, Manoel Vitorino, Potiraguá, Presidente Dutra, Presidente Tancredo Neves, Santo Estêvão, São Félix e Umburanas.

No mesmo decreto desta terça foram liberados da proibição Amélia Rodrigues, Barro Preto, Catu, Ibotirama, Itamari, Mucugê, Santaluz e São José da Vitória.

decreto_Bahia_13_page-0001


Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta