Ao menos 120 funcionários de empresas de ônibus foram infectados pela Covid-19 no Rio, diz Sindicato

Publicado em: 9 de maio de 2020

Ônibus no Rio de Janeiro. Sindicato diz que empresas estão limpando os veículos

Entidade ainda alegou que 20 profissionais perderam a vida e pede colaboração de passageiros para usarem máscaras

ADAMO BAZANI

O Sindicato dos Rodoviários do Rio de Janeiro informou que ao menos 120 profissionais de transportes na cidade já foram contaminados pelo novo coronavírus, entre motoristas, cobradores, fiscais, mecânicos, entre outros.

Ainda de acordo com a entidade, em comunicado à imprensa regional nesta sexta-feira, 08 de maio de 2020, foram 20 trabalhadores que perderam a vida pela Covid-19.

A entidade ainda disse que, apesar da determinação da prefeitura, muitos passageiros, em especial na periferia, onde as fiscalizações são menores, ainda resistem em usar máscaras e manter o distanciamento adequado.

O sindicato informou que, na maior parte das vezes, as empresas estão fazendo a higienização dos ônibus e entregaram máscaras para os profissionais.

A Secretaria Municipal de Transportes informou que fiscaliza a limpeza dos ônibus e o controle da lotação para evitar as aglomerações.

Por decreto, desde 04 de maio de 2020, as empresas são obrigadas a fazer higienizações completas na saída das garagens e chegadas aos pontos finais.

As multas às companhias de ônibus pelo descumprimento variam entre R$ 1.775,00 e R$ 17.750,00.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta