Prefeitura de Curitiba (PR) estuda limitar a gratuidade de idosos no transporte

Publicado em: 8 de maio de 2020

Objetivo é evitar contaminação de idosos pelo novo coronavírus. Foto: Divulgação.

Medida seria uma resposta ao crescente número de idosos nos coletivos, que vem aumentando dia a dia

WILLIAN MOREIRA

A Prefeitura de Curitiba pode em breve, impor restrições para idosos que tem o beneficio da gratuidade no transporte, com o benefício valendo somente em horários específicos.

Segundo o estudo, a validade da tarifa gratuita passaria a valer somente entre às 10h até 16h, e caso o idoso utilizar o transporte fora deste horário, teria que pagar a passagem normalmente.

A Urbanização de Curitiba (Urbs) constatou um crescimento gradual do numero de idosos transportados diariamente nos ônibus do município, atingindo mais 20 mil pessoas somente na ultima segunda e terça-feira, dias 4 e 5 de maio respectivamente.

A intenção da Prefeitura não é punir os idosos, mas sim restringir o acesso ao transporte para que essas pessoas que compõe o grupo de risco ao contágio pelo coronavírus, fiquem em casa, e assim diminuir a quantidade deste público nos ônibus.

Nesta semana, a Secretária de Saúde, Márcia Huçulak, pediu que os idosos saiam de casa somente para realizar atividades ligadas a saúde, como ir em farmácia, consulta médica ou hospitais, saindo somente se necessário.

“As pessoas com mais de 60 anos evitem sair de casa, mesmo neste caso, peçam para uma pessoa de confiança [fazer na rua o que precisar].”

Relembre: Crescimento de idosos no transporte de Curitiba (PR) fará a Prefeitura adotar medidas mais rigorosas

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta