Prefeitura antecipa subsídio a empresa e motoristas de ônibus de Taubaté descartam greve

Publicado em: 8 de maio de 2020

Segundo rodoviários, ABC Transportes atrasou pagamento de salário e PLR, alegando não ter dinheiro

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Taubaté, no interior de São Paulo, informou à mídia local que vai antecipar o subsídio à empresa de ônibus ABC Transportes. A medida levou os motoristas do transporte coletivo a descartarem a greve que estava sendo cogitada na cidade.

A categoria ameaçava paralisar as operações por conta de atrasos no pagamento de salário e PLR (Participação nos Lucros e Resultados). Por sua vez, a ABC Transportes alegou não ter dinheiro para fazer o pagamento.

Relembre: Prefeitura de Taubaté é notificada por empresa sobre possível greve no transporte público

Assim, a Prefeitura vai antecipar os valores que já seriam pagos à empresa, com o objetivo de minimizar o impacto apresentado pela empresa.

A ABC Transportes, por sua vez, se comprometeu a pagar o salário de abril no dia 12 de maio; o adiantamento salarial até dia 22 de maio e o pagamento da PLR em três parcelas: 30 de maio, 30 de junho e 30 de julho.

Em nota, a ABC Transportes informou que “acredita na negociação e no diálogo como o melhor caminho para a solução de eventuais impasses e reafirma seu compromisso em bem servir a população”.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta