Manaus divulga resultado de licitação da reconstrução do Terminal de Integração da Constantino Nery (T1)

Publicado em: 4 de maio de 2020

Terminal de Integração da Constantino Nery – T1 será demolido para a construção de um novo equipamento no local. Foto: prefeitura de Manaus

Pregão presencial realizado em 24 de abril teve a empresa J Nasser Engenharia declarada vencedora com menor preço global

ALEXANDRE PELEGI

A Prefeitura de Manaus, através da Subcomissão de Mobilidade Urbana, publicou na edição do Diário Oficial da União desta segunda-feira, 04 de maio de 2020, o resultado de Julgamento da licitação da construção do novo Terminal de Integração – T1, localizado na Avenida Constantino Nery.

Na modalidade RDC Presencial, tipo menor preço global, o certame, realizado em 24 de abril passado, teve como vencedora a empresa J Nasser Engenharia Ltda.

O objeto do certame é a demolição da estrutura do terminal existente e a construção do novo Terminal de Integração – T1.

Como mostrou o Diário do Transporte, esta licitação foi lançada em fevereiro deste ano, com a primeira sessão do certame marcada para 25 de março. Relembre: Manaus lança licitação para construção de novo terminal de integração de ônibus

No anúncio, publicado no DOU do dia 27 de fevereiro, foram postas em licitação três obras que fazem parte das medidas propostas pela intervenção no sistema de transporte coletivo municipal, realizada pela Prefeitura de Manaus em julho de 2019.

Além do novo terminal de integração – T1, localizado na Avenida Constantino Nery, foram licitadas também a construção da estação de transferência Arena e a Construção da estação de transferência Santos Dumont.

No processo de RDC (Regime Diferenciado de Contratações Públicas) a abertura e julgamento das propostas são feitos inicialmente. Somente a documentação do licitante que apresentou a melhor proposta é avaliada.

manaus_nery


Como noticiou o Diário do Transporte, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, assinou no dia 13 de fevereiro de 2020, um termo aditivo no contrato de concessão das empresas que integram o transporte coletivo. A assinatura foi condicionada à renovação da frota e, a partir do novo termo, os empresários passam a ter condições para viabilizar a chegada de 300 ônibus novos, ainda neste primeiro semestre.

Além dos novos ônibus, a Prefeitura informou que existem outras medidas a serem implementadas a partir da intervenção, como a construção do novo terminal de integração – T1, localizado na Avenida Constantino Nery, agora licitado, além da criação de novas estações de transferências. Relembre: Prefeito de Manaus assina termo aditivo para viabilizar renovação da frota de ônibus

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta