CPTM lança aviso para compra de máscaras reutilizáveis

Publicado em: 1 de maio de 2020

Linha 12 Safira. Foto: Adamo Bazani

Novo edital vem após uma compra de mais de cem mil unidades e do uso obrigatório por todos no transporte

WILLIAN MOREIRA

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) divulgou nesta sexta-feira, 01 de maio de 2020, aviso de licitação para a aquisição de máscara de proteção facial reutilizável.

No comunicado não é mencionado a quantidade a ser adquirida pela companhia.

Nesta semana, a CPTM já havia anunciado a compra de 136 mil unidades para uso dos seus funcionários e a previsão de aquisição de outras 30 mil máscaras confeccionadas em tecido.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2020/04/28/cptm-compra-mais-1363-mil-mascaras-para-funcionarios-e-anuncia-novas-licitacoes/

As propostas serão recebidas a partir da próxima terça-feira, 05, e o edital estará disponível para consulta no site da companhia na próxima segunda-feira, 04.

mask-cptm

Diário do Transporte tem acompanhado as licitações de compra de máscaras e álcool em gel no âmbito das ações deflagradas pelo Estado no combate à pandemia de Covid-19.

No dia 23 de abril, a reportagem noticiou duas aquisições.

Na compra do álcool em gel 70%, a contratada é a empresa “Visão Limp. Descartáveis Higiene e Limpeza Eireli”, que fornecerá o produto em galões de 5 litros. Valor total do investimento é de R$ 136.000,00.

Na compra das máscaras, a empresa CYMK Quality Eireli-ME fornecerá os equipamentos de proteção descartáveis que cobrem a boca e o nariz em caixas com 200 unidades cada, no valor total de R$ 49.920,00. Já a empresa “Indústria e Comércio Leal LTDA” vai fornecer máscaras reutilizáveis de camada dupla confeccionadas em tecido de algodão, em contrato com valor de R$ 36.105,00.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/04/23/cptm-realiza-compra-de-alcool-em-gel-70-e-mascaras-faciais-de-protecao-2/

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Olá amigos, estão vendo onde está aquele trem no meio ? Foi ali que tudo começou em 1990, num trem velho, que sairia as 7:15 da plataforma que seguiria para zona leste ramal 1- Guaianases, que comecei uma jornada de coleta de assinaturas de passageiros trabalhadores. No entanto começaram a me ironizar dizendo entre coisas como “isto é coisa eleitoreira”, ” não vou assinar coisa alguma”..parei, com a gritaria e as hostilidades que eu presenciei. Com o tempo procurei ouros meios de pedir apoios para revitalizar estações e trens. Lembro bem do piso, com buraco que cabia um corpo de criança. Neste período, alardeou-se a morte de um rapaz, decapitado por um poste de ferro, quando ficou pendurado na porta. Ele não viu o poste. Este começo de reformas, foi por causa de uma composição que sofreu assaltos na zona leste e alguns passageiros tiveram que pular do trem em movimento, na região entre Itaquera e Parada XV,,,fiquei furioso com isso..Gente que trabalha sendo roubados por ladrões vagabundos,,,E assim fui mandando tudo de registros ao governador da época, no Palácio, com as cartas explicando do sofrimento dos trabalhadores, da morte de um menino na Lapa, do funcionário bêbado na cabine de bilhete da passarela 1 da Luz, e do mendigo defecando na via férrea em plena luz da estação da LUZ as 11;00 da manhã..Eu vi, estava lá..prá encurtar Luiz Fleury foi à Brasilia e pediu a linha toda para nosso estado, lembrando que a CBTU é quem administrava. Em Julho de 1992 nascia a CPTM…foi duro , mas valeu..Cuidem, é seu , é nosso.

Deixe uma resposta